Abertura oficial do Exercício Geral do Plano de Emergência das usinas nucleares

A cerimônia de abertura do Exercício Geral do Plano de Emergência das usinas nucleares de Angra dos Reis (RJ) ocorreu na manhã desta terça-feira (10/9) no auditório da Secretaria Municipal de Defesa Civil. Uma entrevista coletiva com representantes das principais instituições envolvidas na atividade foi realizada para esclarecer jornalistas que fazem a cobertura do evento. O porta-voz da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) foi o Coordenador-Geral de Reatores da Diretoria de Radioproteção e Segurança Nuclear (DRS), Alexandre Gromann.

A programação oficial do Exercício Geral começa hoje e encerra na quinta-feira (12/9). Neste primeiro dia de atividades iniciaram algumas ações destinadas ao esclarecimento da população. No Centro de Angra dos Reis, na “Casa Larangeiras” e na Praça Zumbi dos Palmares, foi inaugurada uma exposição sobre energia nuclear e seus usos, que também aborda a estrutura e a dinâmica do Exercício Geral de 2011 através de painéis com fotos e textos. Além disso, estão expostos materiais e atividades das organizações envolvidas no Plano de Emergência. O estande da CNEN montado no local apresenta diferentes aplicações de técnicas nucleares e conta com dois servidores do Instituto de Engenharia Nuclear (IEN) para o atendimento à população.

A estrutura de divulgação do Exercício abrange também regiões fora do Centro de Angra dos Reis. Réplicas dos painéis sobre o Exercício Geral de 2011 estão sendo apresentadas em localidades próximas à Central Nuclear: na comunidade do Frade (ao lado do Corpo de Bombeiros) e no Parque Mambucaba (em frente à Escola Municipal Nova Perequê). Uma quarta réplica da exposição ficará em Paraty, na Praça do Chafariz.

Outra inovação deste ano que também merece destaque é o aumento de atividades de interesse social, destinadas à melhoria das condições de vida da população local. Hospitais de campanha funcionarão durante os três dias do Exercício Geral. A estrutura do Exército ficará na comunidade Perequê; o hospital da Marinha ficará na localidade do Frade e o da Força Nacional de Saúde ficará instalado no Centro de Angra dos Reis. Essas unidades possuem capacidade para realizar atendimentos ambulatoriais e serão usadas também para palestras com temas sobre prevenção a doenças, entre outras questões de saúde.

O treinamento para situação de emergência inicia amanhã (11/9). Tendo como cenário a simulação de acidentes envolvendo as duas usinas nucleares, permitirá avaliar a eficácia do plano de emergência, identificar possíveis pontos vulneráveis e aperfeiçoar os procedimentos. Mesmo baseado em uma situação fictícia, o exercício é uma operação de grandes proporções, que envolve entidades civis e militares e a população da região.

Nos anos ímpares ocorrem os chamados exercícios gerais, que acionam toda a estrutura necessária a uma situação de emergência. Os anos pares são destinados aos exercícios parciais, focados em pontos específicos nos quais se perceba necessidade de maior prática. Em 2012, por exemplo, um dos pontos específicos exercitados foi o funcionamento do Centro de Informação de Emergência Nuclear (CIEN). O Exercício Geral de 2013 será o primeiro realizado em um período de três dias. Na maioria das vezes, desde que a atividade teve início, em 1996, ocorreu em apenas um dia. Em 2011, passou para dois dias, com trabalho ininterrupto, inclusive durante a madrugada, das equipes responsáveis ao atendimento de situações de emergência.

FONTE: CNEN
http://www.cnen.gov.br/

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *