Ajude o CONTER a disseminar a cultura da radioproteção no país

thumbnail_1475841101Qual é a importância de usar o dosímetro individual? Por que é importante utilizar o espessômetro? Além disso, qual é o papel dos profissionais da Radiologia quanto à fiscalização? Para que a proteção radiológica seja difundida, esses e outros questionamentos serão esclarecidos pela Comissão Nacional de Radioproteção e Dosimetria (CNRD), que abriu frentes de trabalho para interagir com profissionais, com o governo e com a comunidade científica.

De acordo com a presidente do Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER), Valdelice Teodoro, é fundamental que a proteção radiológica seja aplicada no dia a dia pelos técnicos e tecnólogos. “A partir do momento que o profissional se resguarda devidamente das radiações ionizantes, assegura também a proteção de todos os indivíduos envolvidos no processo. São peças indissociáveis”, defende.

Para que a discussão seja democrática, a CNRD convoca os profissionais das técnicas radiológicas a abraçarem a causa e promoverem a cultura da radioproteção. “As pessoas precisam saber o que se passa no organismo ao fazer um exame de raios X. Não há como negar os efeitos acumulativos da radiação e fingir que não há risco. O retorno da experiência profissional de cada um é essencial”, explica Lucas Gomes Padilha Filho, presidente da CNRD.

Como colaborar

☢ Em um primeiro momento, a CNRD quer saber de você: qual dos três temas de radioproteção a seguir merece ser debatido inicialmente?

A) A importância do uso do espessômetro;

B) O uso do dosímetro pelo Indivíduo Ocupacionalmente Exposto (IOE);

C) O papel do técnico e tecnólogo em Radiologia quanto à fiscalização.

☢ Escolheu um dos três? Você também pode sugerir outro tema. Encaminhe para nós pelo e-mail assim@conter.gov.br. Todas as sugestões serão acolhidas e estudadas pelos membros da CNRD.

Sobre a Comissão

Neste ano, o CONTER criou a Comissão Nacional de Radioproteção e Dosimetria (CNRD), que trabalha em pesquisas e levantamentos técnicos referentes à proteção radiológica. Os especialistas abrirão frentes de trabalho para sanar problemas como o excesso de exames preventivos que poderiam ser evitados e até mesmo a falta de controle das doses absorvidas por profissionais e pacientes de todo o país.

20160630_144250-400x300

Desenvolvimento de projetos da CNRD conta com o feedback dos profissionais das técnicas radiológicas. (Foto: Jônathas Oliveira/Assim CONTER)

Saiba mais sobre os membros e convidados à frente dos projetos:

– Lucas Gomes Padilha Filho (Presidente);

– Danyel Scheidegger Soboll (Secretário);

– João Henrique Hamann da Silva (Membro);

– André Luís Braghini (Convidado);

– João Henrique Campos de Souza (Convidado).

FONTE: CONTER
http://www.conter.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *