Anestesista americano chega ao Rio para intercâmbio em hospitais do Estado

O médico norte-americano Thomas McAfee desembarcou no Rio nesta sexta (16) para trocar experiências com os colegas brasileiros dos hospitais estaduais Getúlio Vargas, Albert Schweitzer e Alberto Torres.  O anestesista do Exército dos Estados Unidos vai enfrentar uma “batalha do bem “ de mais 120 horas para ajudar salvar vidas.  Doutor Thomas McAfee é o segundo médico estrangeiro a participar do programa de reciclagem internacional, fruto de uma parceira entre a Secretaria  de Estado de Saúde (SES) e a Universidade de Miami.

 Em junho, o cirurgião Woodrow Twigtht Frisbee veio ao Rio de Janeiro fazer reciclagem nas unidades cariocas. Por duas semanas, o médico – que já atuou nas guerras do Iraque e Afeganistão – trocou experiências com brasileiros nas emergências de hospitais públicos, o Getúlio Vargas entre eles.  Em agosto de 2012, uma equipe formada por médicos e enfermeiros do Governo do Estado recebeu treinamento no Ryder Trauma Center, da Universidade de Miami.

 – Tem sido uma experiência muito positiva. Nos Estados Unidos, há médicos que não sabem abrir um paciente porque estão só acostumados a fazer cirurgia por vídeo. Se pudesse ficava mais – disse Frisbee.

Para a cirurgiã Gabriela Pupo, que dividiu plantão com o primeiro médico americano no Hospital Estadual Albert Schweitzer, o intercâmbio proporcionou aprendizado e deu a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a realidade de trabalho dos médicos dos Estados Unidos.

 – A vivência dele tem acrescentado muito e também nos ajudou a conhecer um pouco sobre a realidade deles. Quando íamos pensar em ter contato com um médico de guerra? – questionou Gabriela.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *