Atividades no CRCN-CO marcam os 25 anos do acidente com césio-137

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) realiza, entre os dias 12 e 14 de setembro, atividades que marcam os 25 anos do acidente com césio-137, ocorrido na cidade de Goiânia (GO). Palestras, visitas guiadas e exposições serão realizadas no Centro Regional de Ciências Nucleares do Centro-Oeste (CRCN-CO), unidade da CNEN em Abadia de Goiás, dentro da programação do evento “Portas Abertas – 25 Anos do Acidente com o Césio-137”.

O acidente ocorreu em setembro de 1987. Um aparelho de radioterapia com uma cápsula contendo o material radioativo césio-137, usada no tratamento do câncer, foi encontrado em uma clínica desativada e levado para um ferro-velho. A cápsula foi rompida, liberando o material em forma de pó, que foi espalhado por diferentes pontos da cidade.

Os profissionais da CNEN lideraram os trabalhos de monitoração da radiação em pessoas, lugares e objetos, o que possibilitou a avaliação da dimensão do acidente. Em seguida, coordenaram também os esforços de diferentes setores da administração pública para o atendimento aos radioacidentados e a recuperação das áreas atingidas.

Para armazenar as seis mil toneladas de rejeitos radioativos resultantes do acidente, a CNEN construiu o CRCN-CO em 1997, em Abadia de Goiás, município da região metropolitana de Goiânia. Além de abrigar os dois depósitos de rejeitos construídos em conformidade com as mais rigorosas normas internacionais de radioproteção, o Centro conta com modernos equipamentos, laboratórios e profissionais altamente qualificados para monitorar a radiação em torno dos depósitos e também na cidade de Goiânia.

A estrutura permite análises periódicas da água, ar e solo próximo aos depósitos e também nas áreas de Goiânia afetadas pelo acidente. Os dados apurados permitem afirmar que a radiação nestes locais está em níveis considerados seguros pela comunidade científica, principalmente pela Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA). As dependências do CRCN-CO servem ainda para pesquisas na área nuclear e para divulgação das aplicações das técnicas nucleares na medicina, indústria, agricultura e em diversos outros segmentos nos quais podem contribuir para o aumento da qualidade de vida dos brasileiros.

A história do acidente, as medidas de recuperação adotadas, a administração dos depósitos e as várias aplicações da energia nuclear serão os temas abordados no evento “Portas Abertas – 25 Anos do Acidente com o Césio 137”, que ocorre das 8 às 17 horas. O ponto central da programação acontece na sexta-feira (14), quando será realizado o “Seminário 25 Anos do Acidente com o Césio-137 – Histórico e Aprendizado”.

FONTE: CNEN
Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *