Caminhada do Outubro Rosa reúne cerca de três mil pessoas em Nova Iguaçu

Homens e mulheres se vestiram de rosa e percorreram as ruas da cidade para alertar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama

Nova Iguaçu se vestiu de rosa na manhã desta quinta-feira (26/10) para lembrar a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. A ação realizada pela Cruz Vermelha de Nova Iguaçu em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde atraiu cerca de três mil pessoas, e encerra as atividades promovidas pelo Estado durante o Outubro Rosa.

O secretário de Estado de Saúde Luiz Antonio Teixeira Jr. fez todo o percurso acompanhado por mulheres que venceram a doença.

-O câncer de mama atinge milhares de mulheres e também homens, os eventos são fundamentais para alertar a população sobre a importância do diagnóstico precoce. Estamos oferecendo seis mil vagas mensais para a realização da mamografia no Rio Imagem e um mutirão pra zerar a fila pro diagnóstico de câncer de mama. A partir de novembro o mamógrafo móvel volta a circular pelos municípios para apoiar as prefeituras e realizar o exame de forma rápida – anunciou o secretário.

O cantor Neguinho da Beija Flor esteve presente na caminhada e com sua voz inconfundível deu o sinal para o início do evento.

– Todos sabem que há alguns anos eu tive um câncer e venci. O câncer é uma doença que pode ser vencida, mas diagnosticar rápido é muito importante, por isso, estamos aqui – disse.

A dona de casa Joelma Ali passou pelo câncer de mama há 16 anos e atualmente faz parte do grupo Poderosas Amigas da Mama de Nova Iguaçu. Ela acredita que o Outubro Rosa ajuda a desmistificar o câncer e a mostrar que a cura é possível.

– Falar do câncer é muito importante porque muitas pessoas acreditam que o diagnóstico é uma sentença de morte e não é. Nosso grupo das Poderosas é um exemplo disso, estamos vivas, lindas e felizes, sobrevivemos ao câncer e é esse exemplo que queremos levar pra todos os lugares por onde passamos – disse.

Confira o passo a passo para realizar a mamografia na rede estadual de saúde:

1 – É preciso procurar uma unidade básica de saúde (Clínica da Família, Posto de Saúde, etc.). Durante a consulta com um médico, ele irá avaliar e após examinar a paciente vai solicitar o exame, se necessário.

2 – Com o pedido em mãos, a paciente deverá solicitar que a própria unidade básica realize o agendamento de exame, que é feito direto pela unidade no sistema do Rio Imagem.

3 – Após receber os dados e o agendamento da paciente, a equipe do Rio Imagem entra em contato com ela para confirmar a data e o horário. Por isso é importante que os dados estejam corretos.

4 – O paciente realizará o exame na data marcada e o resultado estará disponível para ser retirado na unidade.

5 – Caso o resultado do exame aponte a necessidade da realização de uma biópsia, a equipe do Rio Imagem fará contato com o a paciente para agendar uma data para o procedimento, que é feito no próprio Rio Imagem.

6 – Após a realizar a biópsia, o paciente poderá retirar o resultado e estará com o diagnóstico em mãos para dar início ao tratamento, caso seja confirmado o câncer.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *