Casamento entre prefeituras terá ação promovendo a doação de sangue

No próximo sábado, Hemorio vai abrir as portas para celebrar a união virtual entre as prefeituras do Rio e Curitiba, com o “Casamento Vermelho”, uma ação real de doação de sangue

Um pedido virtual bem inusitado de um casamento entre as Prefeituras do Rio de Janeiro e de Curitiba tem dado o que falar através das redes sociais, nos últimos dias.

O convite surgiu após uma postagem em que a prefeitura de Curitiba dizia que aceitava pedidos de casamento.  A interatividade entre os usuários da rede foi imediata e milhares compartilharam a hastag #AceitaCuritiba, que se tornou um sucesso.

O pedido foi “oficializado” no último dia 18 e outras prefeituras entraram na brincadeira, de forma bem descontraída, cedendo igrejas para celebrar a união, oferecendo-se para serem os padrinhos e até para a sonhada viagem de lua de mel.

E já que a história de amor tem um final feliz garantido, para a cerimônia de casamento ficar ainda mais bacana, no próximo sábado (27) vai acontecer um evento para doação de sangue entre as duas cidades, batizado de “Casamento Vermelho”.  Só que dessa vez, a história não vai acontecer no mundo cibernético.  Preocupados com a queda nas doações de sangue, comuns nesse período, as duas cidades conseguiram converter o engajamento da brincadeira em uma ação de responsabilidade social e cidadania, com a participação de toda a população.

– As redes sociais tem sido um importante canal para a veiculação da doação de sangue regular, de uma forma espontânea e dinâmica.  Em janeiro deste ano vimos o fenômeno dos “rolezinhos do bem” acontecendo em vários hemocentros e aumentando os estoques, que estavam muito baixos.  Experiências criativas e inovadoras como essa só tendem a ampliar a percepção da população para a importância da doação de sangue – elogiou a diretora geral do Hemorio, Simone Silveira.

O Hemorio, que no fim do mês completa 70 anos, é um órgão da Secretaria de Estado de Saúde e da Fundação Saúde, que distribui sangue para cerca de 180 unidades de saúde em todo o Estado, como hospitais de emergência, maternidades e UTI´s neonatais.

O Hemorio recebe uma média de 350 doadores voluntários de sangue por dia. Além disso, possui 83 leitos de internação e cerca de 10 mil pacientes ativos, que realizam tratamento de doenças como leucemia, linfomas, hemofilia e anemia falciforme, entre outras.

Para ser um candidato à doação de sangue é necessário estar bem de saúde, ter entre 16 e 69 anos (jovens com 16 e 17 anos só podem doar com autorização dos pais e/ou responsáveis), pesar mais de 50 quilos e trazer um documento de identidade com foto (original).  Não é necessário estar em jejum.  Basta não ter bebido álcool nas últimas 12 horas e comidas gordurosas nas 4 horas que antecedem a doação.  Todo material é descartável, portanto, não existe o risco de contrair doenças doando sangue.

A unidade funciona todos os dias (inclusive sábados, domingos e feriados), das 7 às 18 horas e fica na Rua Frei Caneca, 8 – Centro.  Para esclarecimento de dúvidas em relação à doação, o Hemorio disponibiliza o Disque-Sangue (0800 282 0708), que informa o endereço das demais 26 unidades de coleta no Estado e também realiza o agendamento de grupos.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *