Cine Debate Blog Radiologia RJ: “Diferença Entre Acidente Nuclear e Acidente Radiológico”

unnamed (3)Acontecerá no dia 16 de maio (sábado) às 8:00 horas, o Cine Debate do Blog Radiologia RJ no Grupo Chernicharo de Radiologia localizado na Rua Djalma Monteiro, 80 Sobrado no Centro de Teresópolis-RJ. O Cine Debate é uma seleção de filmes nacionais e internacionais seguida de debate com o tema: “Diferença Entre Acidente Nuclear e Acidente Radiológico” e também é uma prévia da 5ª Edição do Urânio em Movi(e)mento
Uranium Film Festival – Rio de Janeiro. No final do evento, forneceremos certificado.

Veja abaixo a seleção de filmes:

mothersprayer400Hiroshima Preces de uma Mãe
Japão, 1990, 30 min, Direção Motoo Ogasawara.
Audio em português.

Os efeitos da radiação, nos sobreviventes da bomba atômica de Hiroshima, são mostrados neste filme em imagens capturadas logo após a explosão nuclear.

towhom1_188_290_90A Quem Interessar Possa
Bielorrússia, 1990, 10 min, Diretora Galina Laskova-Sanderson.
Audio em Inglês com legendas em português. Edição Arquivo Amarelo.

Nem somente na Ucrânia, mas também a vizinha Bielorrússia foi afetada gravemente pelo acidente nuclear de Chernobyl. Uma reportagem sobre os riscos da comida contaminada com baixa radiação depois do acidente.

coleta-aramaenamento_387_216_90Céssio 137, O Brilho da Morte
Brasil, 2003, 24 min, Diretor Luiz Eduardo Jorge.

Cidade de Goiânia, 1987: Uma cápsula de um aparelho para tratamento de câncer, contendo césio 137, estava abandonada em um hospital desativado. Quando encontrada por catadores e aberta, causou o maior acidente radiológico da América Latina.

O Diretor Luiz Eduardo Jorge é Professor da PUC de Goiás e o roteiro é baseado em depoimento das vítimas.

angra400Pedra Podre
Brasil, 1990, 26 min, Diretores Eva Lise Silva, Ligia Girão, Stela Grisotti e Walter Behr.

É o primeiro documentário feito sobre as usinas nucleares do Brasil, Angra 1 e Angra 2, na região da Mata Atlântica, no Sul do Rio de Janeiro. O filme indaga sobre o plano de emergência para proteger a população local e os turistas em caso de um acidente nuclear.

revistaconterRevista da Morte
Brasil, 2013, 33 min, Diretor Laércio Tomaz, Produtores Davi Lima da Silva, Guina Vieira e Laércio Tomaz.

Revista da Morte desenvolve uma tese premente sobre os efeitos biológicos da radiação ionizante no organismo humano. Principalmente, sobre as crianças. No caso retratado pelo filme, o uso de radiação ionizante na inspeção de segurança dos presídios de Vila Velha e Viana, no Espírito Santo, pode ter causado 22 abortos em série.

buddha_387_258_90Buda Chora em Jadugoda
Índia, 1999, 32 min, Direção Shri Prakash.
Audio em inglês com legenda em português.

O filme mostra os efeitos na saúde da população que vive próxima à mineração de urânio, em Jadugoda, na Índia. Mineração sem cumprimento das normas internacionais, com a exposição da população ao rejeito tóxico e radioativo há quase 30 anos, resultou na contaminação da água, solo e ar, destruição da ecologia local, mutação genética e morte lenta para as pessoas da região.

Serviço: Cine Debate Blog Radiologia RJ
Tema: “Diferença Entre Acidente Nuclear e Acidente Radiológico”
5ª Edição do Urânio em Movi(e)mento
Uranium Film Festival – Rio de Janeiro
Data: 16/05/2015 Sábado
Horário: 8:00 Horas
Local: Grupo Chernicharo de Radiologia
Rua: Djalma Monteiro, 80 Sobrado
Centro Teresópolis-RJ
Investimento:
R$ 40,00
Inscrições:
Grupo Chernicharo de Radiologia
Tel: (21) 2643-5072 Unidade Teresópolis-RJ
Tel: (21) 3432-4073 Unidade Taquara
TR Claudio Manhães
Cel: (21) 98253-3075 TIM
Cel: (21) 98445-6741 Oi
E-Mail: blogradiologiarj@gmail.com

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *