Dengue: Governo monta onze centros de hidratação no estado

Nova rodada de capacitação de profissionais para o correto diagnóstico de dengue começa na próxima semana

Em virtude do crescente número de notificações de casos de dengue, a Secretaria de Estado de Saúde está montando nesta quinta (19) e sexta-feiras (20) quatro novos centros de hidratação para a doença. São três  em Nilópolis e um em Nova Iguaçu. Estes centros somam-se aos outros sete que estão em pleno funcionamento em três municípios: São Gonçalo (2), Valença (1) e Angra dos Reis (4).

A capacidade de cada centro é de realizar até 200 atendimentos por dia.  Os pacientes com suspeita da doença vão passar por uma consulta prévia para fazer a classificação de risco e, após avaliação médica, encaminhados às poltronas de hidratação. Além de receber soro, os pacientes também vão poder fazer exames de sangue, para conferir o número de plaquetas, e testes rápidos de dengue.

– A possibilidade de haver uma epidemia em 2012, levando em conta a ação do vírus tipo 1 e entrada do tipo 4 no estado, levou a SES-RJ a reforçar a estratégia de combate à dengue. Um grupo de trabalho, coordenado pela Subsecretaria de Vigilância em Saúde, faz reuniões semanais desde março de 2011 para determinar as ações estratégicas e monitorar o trabalho de cada um dos 92 municípios – destaca a subsecretária Hellen Miyamoto.

Durante as quinze semanas epidemiológicas de 2012 (de 1º de janeiro a 14 de abril), foram notificados 53.689 casos suspeitos de dengue no estado do Rio de Janeiro. No mesmo período no ano passado, foram registrados 85.162 casos de dengue no estado.

– Por isso seguimos reforçando a necessidade de a população fazer a sua parte. Os meses de abril e maio são os mais críticos para a proliferação do mosquito transmissor e de contaminação da dengue. E como 80% dos focos estão nas residências, é fundamental que as famílias não se descuidem do trabalho semanal de eliminar os fotos – alerta Hellen Miyamoto.

Apoio das demais Secretarias de Estado –  O combate à dengue envolve ainda várias secretarias de Governo, como Educação, com um trabalho voltado às crianças e jovens; Obras, com o monitoramento das intervenções em execução para que não tenham focos do mosquito; e Meio Ambiente, que irá intensificar a fiscalização dos ferros velhos e utilizar pneus velhos na montagem de asfaltos borrachas, entre outros.

Apoio aos municípios – Em fevereiro, a Secretaria de Estado de Saúde entregou 40 carros a prefeituras do Rio de Janeiro para reforçar as ações de combate aos focos do mosquito da dengue. Como contrapartida, as Secretarias de Saúde locais se comprometeram a executar as ações recomendadas pela SES-RJ dentro da campanha 10 Minutos Contra Dengue de promoção e prevenção da dengue e a melhoria dos indicadores da doença. Ao todo, foram investidos R$ 1.214.666,40 na compra dos carros.

Campanha “10 Minutos Contra a Dengue” –  Esta é a campanha lançada pela Secretaria de Estado de Saúde como o tom do alerta para evitar o alarme neste verão 2011/2012, sendo uma importante ferramenta de conscientização para a necessidade de todos se engajarem no combate ao foco do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. O objetivo é estimular a população a investir 10 minutos da semana eliminando possíveis criadouros em suas casas, já que o ambiente doméstico concentra 80% dos focos.

A iniciativa da campanha – elaborada em conjunto com a Fundação Oswaldo Cruz/Fiocruz – foi inspirada em uma das estratégias adotadas pelo governo de Cingapura para controlar o Aedes aegypti, conseguindo interromper a epidemia que o país enfrentava entre 2004 e 2005. 

Endereços dos centros de hidratação:

Nilópolis:

1.       Posto de Saúde Cabral – Rua Roldão Gonçalves, S/N.º

2.       Posto de Cidade Nova – Rua Marechal Deodoro, n.º 555 – Nova Cidade

3.       UPA Nilópolis – Rua Antonio Pereira, S/N.º, esquina com a Rua João de Castro – Bairro Cabuís – Nilópolis


Angra dos Reis:

1.       SPA – Frade – Rodovia Rio Santos S/N.º Frade

2.       SPA – Centro – Rua do Comércio N.º 07- Centro

3.       SPA – Jacuecanga – R. Docemar, S/N.º – Jacuenga

4.       PAI – R. Cel. Carvalho, S/N.º Centro

Nova Iguaçu:

1.       Rua Álvaro Gonçalves, S/n.º  – Vila de Cava

São Gonçalo:

1.       Pronto Socorro Central – Rua Estefânio de Carvalho, S/N.º

2.       Posto Rio do Ouro – Rua Eugênio Borges, S/N.º – Polo Sanitário Rio do Ouro

Valença:

 1.       Hospital Escola Luiz Gioseffi Januzzi – Rua Dr. José da Costa n.º 20 Centro

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br/
Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *