Estado libera recursos para construção do Centro de Hemodiálise de Teresópolis

O Governo do Estado vai liberar R$ 1,8 milhão para a construção do Centro de Hemodiálise de Teresópolis. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, 28, durante reunião na Secretaria de Estado de Saúde, no centro do Rio de Janeiro. Participaram do encontro de trabalho o secretário estadual Sérgio Côrtes, o prefeito Arlei e o secretário de Saúde de Teresópolis, Carlos Otávio Sant’Anna. Também acompanharam a reunião as subsecretárias estaduais Monique Fazzi, Rachel Rivello (Vigilância em Saúde) e Mônica Almeida (Atenção à Saúde).

De acordo com Sérgio Côrtes, dentro de dez dias será publicada uma resolução autorizando a transferência dos recursos, que serão divididos em duas parcelas de R$ 900 mil. “O prefeito Arlei e o secretário Carlos Otávio apresentaram o projeto executivo, que foi visto pela nossa equipe da Subsecretaria de Vigilância e por técnicos experientes em clínicas de hemodiálise. Dentro de dez dias será publicada uma resolução garantindo a transferência, para que a Prefeitura possa finalmente construir o centro e dar uma resposta definitiva para os nossos pacientes que necessitam realizar hemodiálise em Teresópolis”.

O prefeito Arlei comemorou mais uma importante conquista em benefício da população de Teresópolis. “Agradecemos mais uma vez a parceria do Governo do Estado. O centro de hemodiálise será construído no terreno onde hoje funciona a sede da Secretaria de Defesa Civil, na Tijuca, com uma contrapartida de R$ 400 mil do Município”, pontuou.

Desde setembro o setor de hemodiálise do Hospital São José, que atendia o município, está interditado pela Vigilância Sanitária Estadual para investigar contaminação de pacientes pelo vírus da hepatite C. Desde então, 88 pacientes de Teresópolis fazem o tratamento em Magé e Itaboraí, com transporte garantido pela Prefeitura.

É uma excelente iniciativa da Prefeitura que, mais uma vez, está dando uma rápida resposta a um problema que existe há anos na cidade. O prefeito Arlei, assim que aconteceu a crise, prontamente veio ao Estado para que Teresópolis não sofresse com o transporte para Magé e Itaboraí, o que gera um transtorno muito grande para o paciente. Hoje o prefeito está tomando uma decisão definitiva para a cidade, que é a construção de um centro de hemodiálise para atender a população”, enalteceu o secretário de estado de Saúde, Sérgio Côrtes.

O secretário de Saúde de Teresópolis, Carlos Otávio Sant’Anna, agradeceu o empenho do secretário estadual Sérgio Côrtes, que vem dando toda assistência ao município na busca de uma solução para o problema.

unnamed

Prefeito Arlei entre os secretários de Saúde, Sérgio Côrtes (Estado) e Carlos Otávio Sant’Anna (Município)

FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis
http://www.teresopolis.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *