Hemonúcleo realiza palestra no Colégio Estadual Edmundo Bittencourt sobre doação de sangue

Teresópolis, 15 de junho de 2012 – Na manhã desta sexta-feira, 15, o Hemonúcleo de Teresópolis realizou uma palestra no Colégio Estadual Edmundo Bittencourt, sob o tema “Todo doador de sangue é um herói”. A palestra foi direcionada para os alunos do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, com idade entre 15 e 18 anos, visando sensibilizar os jovens a se tornarem futuros doadores de sangue.

“Através das palestras direcionadas, conseguimos trabalhar educação com foco em doação. Nosso objetivo é formar doadores pra o futuro e fazer com que essas pessoas influenciem seus amigos e familiares”, explicou a doutora Fortunêe Meyohas, responsável pelo Hemonúcleo.

A palestra foi ministrada pela assistente social Rita Valadão, que abordou temas sobre voluntariado e solidariedade. Ao final, alguns alunos participaram de uma dinâmica falando sobre doação, mostrando que doar sangue pode salvar vidas.

Hemonúcleo solicita doações

Com o objetivo de reforçar o seu estoque para atender as demandas dos hospitais da cidade, o Hemonúcleo de Teresópolis também está convidando os doadores de sangue de qualquer tipo para este gesto de solidariedade.

“Estamos vivendo um momento muito especial para nossa cidade. O Hospital das Clínicas de Teresópolis assumiu a referência das cirurgias ortopédicas e vasculares das cidades do entorno de Teresópolis, o que representa um acréscimo na demanda de sangue. Por isso, mais uma vez estamos convidando a população para a doação de sangue no Hemonúcleo Municipal”, disse a doutora Fortunêe Meyohas, ressaltando que o estoque de sangue do Hemonúcleo atende pacientes dos serviços públicos e privados de saúde, em especial vítimas de acidentes.

Com mais cirurgias na cidade e aumento das demandas, é necessário que também aumente o estoque de sangue através de doações voluntárias, como faz Patrícia Souza. “Sempre tem alguém precisando, por isso doo sangue. Qualquer um de nós pode precisar um dia, amanhã pode ser um parente meu ou eu mesma”, disse Patrícia, que doou pela terceira vez.

Para doar sangue deve ser apresentado documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação), ter entre 16 e 67 anos, estar bem de saúde e pesar mais de 50 quilos. A mulher não pode estar grávida, nem amamentando. A pessoa não pode ter ingerido bebida alcoólica pelo menos 12 horas antes da doação. Não é preciso estar em jejum, basta evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação.

As doações podem ser feitas no banco de coleta, que funciona na Rua Francisco Sá, 299, na Várzea, e o atendimento acontece de segunda a sexta, das 8h às 12h. Outras informações, pelo telefone  (21) 3641-5872.

De acordo com Fortunêe Meyoha, o Hemonúcleo atende pacientes dos serviços públicos e privados de saúde, em especial vítimas de acidentes

Patrícia Souza. “Sempre tem alguém precisando, por isso doo sangue”

Alunos do CEEB assistem à palestra da assistente social Rita Valadão

Alunos participam de dinâmica sobre doação de sangue


FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *