“Homens, Libertem-se” discute o papel dos gêneros na Praça Mauá

Evento, com apoio da Secretaria de Saúde, marca o Dia Internacional do Homem

Na próxima quinta-feira, dia 19 de novembro, será realizado o projeto “Homens, Libertem-se, evento de problematização das Masculinidades” para marcar o Dia Internacional do Homem. O evento, apoiado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), acontecerá no Museu de Arte do Rio, a partir das 8h30, e contará com uma programação extensa para discutir o papel do homem na sociedade, além de oficinas, tendas de atendimento à saúde do homem, grafites e outros.

O projeto “Homens, Libertem-se, evento de problematização das Masculinidades” foi idealizado pela Campanha “Homens, Libertem-se” e está sendo realizado em parceria com a SMS, a Secretaria Municipal de Cultura, o Ministério da Saúde, por meio da Coordenação Nacional de Saúde do Homem, apoio da Funarte e apoio de cessão de espaço do MAR (Museu de Arte do Rio), entre outros.

A programação conta com a presença de profissionais e debatedores de diversas áreas do conhecimento, como médicos, psicólogos, sociólogos, antropólogos, jornalistas, políticos, artistas, entre outros. O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, fará a abertura das rodas de conversa, que trarão formadores de opinião, como o ex-ministro da Saúde José Gomes Temporão, os artistas Marcos Breda, Elisa Lucinda, Bosco Brasil, o crítico de cinema e jornalista Rodrigo Fonseca, entre outros.

Oficinas, aulão com a Academia Carioca, tendas de atendimento à saúde do Homem, flash mob, grafites, intervenções artísticas urbanas (incluindo uma realizada pelo Centro do Teatro do Oprimido, fundado por Augusto Boal) e um show musical (dos renomados Arnaldo Brandão e Tavinho Paes) brindarão com reflexão e festividade a programação que ocorrerá durante todo o dia no período das 8h30 às 21h.

O projeto propõe uma problematização das masculinidades e um questionamento às normas de gênero direcionadas aos homens, buscando uma reflexão sobre o quanto influenciam negativamente os campos íntimo, ético, sociocultural, político e mesmo econômico de nosso planeta.

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *