Hospital da Mãe de São Gonçalo deve ser entregue em abril

Estruturas do subsolo, térreo e primeiro andar da unidade já foram finalizadas

Com previsão de entrega em abril de 2015, as obras do Hospital da Mãe de São Gonçalo avançam. Já foram finalizadas as estruturas do subsolo, do térreo e do primeiro andar da unidade. O prédio de cinco pavimentos, que contará com uma maternidade e uma Clínica da Mãe, está sendo construído pela Empresa de Obras Públicas (Emop). A nova unidade hospitalar terá capacidade para realizar 10 mil consultas e cerca de 800 partos por mês.

– Temos realizado uma série de obras com o objetivo de ampliar a assistência médica à população do estado. O Hospital da Mãe faz parte destas ações. Com a unidade, será possível atender às gestantes de São Gonçalo, município que tem o segundo maior índice populacional do Rio de Janeiro – explicou o presidente da Emop, Ícaro Moreno.

Com perfil de baixa e média complexidades, a unidade de saúde, que recebeu recursos no valor de R$ 43 milhões, terá um pavimento a mais do que estava previsto no projeto inicial. Um andar inteiro será ocupado por uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal com aproximadamente 40 leitos.

Erguido na Rodovia Amaral Peixoto, no bairro Colubandê, o Hospital da Mãe contará ainda com quatro consultórios de maternidade, um de serviço social e 80 leitos de enfermaria, além de um centro cirúrgico com 14 leitos. A unidade de saúde também ganhará oito leitos de UI neonatal e quatro de recuperação pós-anestésica para as mães.

A unidade especializada vai oferecer exames como ultrassonografia obstétrica com estudo morfológico fetal e dopplervelocimetria obstétrica; ultrassonografia em medicina interna e ginecologia; cardiotocografia; eletrocardiograma; ecocardiograma fetal; e exames laboratoriais de análises clínicas.

Acompanhamento das gestantes

Na Clínica da Mãe, será realizado todo o acompanhamento da gestante, com o pré-natal referenciado, realização de exames, orientação nutricional e planejamento familiar. O espaço conta ainda com 16 ambulatórios para atendimento de pré-natal em parceria com os municípios. A capacidade de atendimento será de 9 mil consultas por mês.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *