Hospital Dona Lindu vacina colaboradores contra a gripe

b_800_600_0_00_images_stories_ASCOM_hospDonaLindu-Vacinacao_Hosp_Dona_Lindu_-_vacinacao_2Com o objetivo de garantir a saúde dos seus colaboradores e a segurança dos pacientes, o Hospital de Traumatologia e Ortopedia Dona Lindu (HTODL), em Paraíba do Sul, aderiu pelo quarto ano consecutivo à campanha nacional promovida pelo Ministério da Saúde e disponibilizou para seus funcionários a vacina contra o vírus influenza (causador da gripe). A vacinação no HTODL aconteceu nos dias 05 e 06 de maio e foi uma parceria do hospital com a Secretária de Saúde de Paraíba do Sul. Os profissionais de saúde estão entre os grupos prioritários para a imunização.

Ao todo, foram vacinados 193 colaboradores do hospital, entre funcionários da recepção, manutenção, ambulatório, administração, médicos, enfermeiro, técnicos de enfermagem e terceiros. O recepcionista Juarez Fernandes foi um dos colaboradores que aproveitou a oportunidade de ser vacinado sem que precisasse sair do seu local de trabalho. “Tenho contato direto com os pacientes na recepção do hospital e isto pode oferecer risco de contaminação para ambos. Tomei a vacina há alguns anos e não tive nenhuma reação. O melhor mesmo é estar protegido contra a gripe”, afirmou Juarez.

De acordo com o infectologista e diretor técnico do HTODL, Antonino Adriano Neto, a vacina é uma proteção eficaz contra os principais vírus da gripe que circulam no país (vírus influenza B, o H1N1 e o H3N2). “A vacina é segura. Como infectologista, sou o primeiro a tomá-la todos os anos, porque não posso colocar meus pacientes em risco. A vacina é composta de vírus mortos que não causam a doença”, disse o médico.

Antonino lembra que é preciso informar melhor as pessoas de que esta vacina não protege contra outras doenças respiratórias, como os resfriados, e também não evita a gripe durante o período de 30 dias, tempo que a vacina geralmente leva para começar a agir no organismo. Esta falta de informação acaba colaborando para que muitas pessoas tenham medo da vacinação, ficando expostas à doença.

O diretor executivo do HTO Dona Lindu, Artur Hummel, também fez questão de tomar a vacina e destacou que a campanha é mais uma forma eficaz de garantir a saúde do colaborador e proteger estes profissionais contra os riscos da gripe. Hummel lembra que a vacinação dentro do hospital visa facilitar o acesso a imunização, já que muitos funcionários possuem uma vida corrida, com obrigações familiares, o que dificulta o deslocamento até um posto de saúde.

Segundo o Ministério da Saúde, a validade da vacina contra a gripe é de 6 a 12 meses e deve ser aplicada anualmente, pois o vírus Influenza sofre mutações neste período, sendo necessária adequação da dose. A campanha de vacinação contra a gripe no HTODL ocorre sob a coordenação do serviço de controle de infecção hospitalar (SCIH) e do serviço especializado em engenharia de segurança e em medicina do trabalho (SESMT).

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *