Hospital Estadual da Criança está no VII Mutirão Nacional de Cirurgia Infantil, este sábado

Foram selecionados 25 pequenos pacientes que aguardavam para corrigir alterações no aparelho gênito urinário

A unidade inaugurada pelo Governo do Estado em Vila Valqueire, em março de 2013, vai participar do mutirão nacional de cirurgias pediátricas, que acontece nesse fim de semana. Com apenas cinco meses de funcionamento, o Hospital Estadual da Criança já realizou 670 procedimentos cirúrgicos em pacientes de 0 a 19 anos; tornando-se referência na rede pública de saúde em cirurgia-geral, ortopédica, transplante e oncológica. Foram selecionados 25 pequenos pacientes que aguardavam para corrigir alterações no aparelho gênito urinário – como hérnia umbilical, fimose, hidrocele, testículo ectópico, entre outros. Para o mutirão, o Hospital selecionou equipe de dez médicos, comandada pelo cirurgião Francisco Nicanor, além dos profissionais de enfermagem.

“O Hospital Estadual da Criança já está sendo reconhecido fora do estado do Rio de Janeiro. Em cinco meses de inauguração, já vamos participar de um mutirão nacional. Nós realizamos  desde cirurgias simples a transplantes e estamos mostrando nossa capacidade por meio de bons números e qualidade no atendimento”, afirmou o cirurgião-geral Francisco Nicanor, chefe de cirurgia e urologia pediátrica do Hospital Estadual da Criança.

O VII Mutirão Nacional de Cirurgia da Criança é organizado pela Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica.

Inaugurado no dia 4 de março desse ano, o Hospital Estadual da Criança é a primeira unidade do Rio de Janeiro voltada para atendimento pediátrico referenciado. O hospital realiza cirurgias de média e alta complexidade, além do tratamento do câncer, em crianças de zero a 19 anos. Em 28 de março, o hospital recebeu o credenciamento por parte do Sistema Nacional de Transplantes. A unidade conta com 58 leitos de enfermaria, 16 de UTI neonatal, 9 de UTI pediátrica e 8 poltronas de quimioterapia. Oferece exames de ultrassonografia, tomografia computadorizada, ecocardiografia e broncoscopia.

Gestão – Desde abril de 2012 a Secretaria de Estado de Saúde vem reorientando o modelo de gestão e atenção à saúde no Estado do Rio de Janeiro no intuito de melhorar a prestação dos serviços e a satisfação do usuário. A implementação dessa nova forma de administração tem como objetivos reduzir custo, melhorar a gestão e garantir um atendimento de qualidade à população. O Hospital Estadual da Criança foi viabilizado a partir de um contrato com a Rede D’Or São Luiz, que cedeu o prédio – onde antes funcionava o Hospital Rio de Janeiro – e passa a gerenciar o serviço público através da Organização Social com o Instituto D’Or de Gestão de Saúde Pública, fornecendo todos os recursos humanos e materiais necessários ao adequado funcionamento do hospital, dentro dos parâmetros e diretrizes estabelecidos pela Secretaria

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *