Hospital Estadual da Criança realiza a 1ª Semana Sorridente

Ação visa conscientizar pais e pacientes sobre uma boa higiene bucal. Unidade já tem 80% de sucesso no tratamento de lesões bucais nos pequenos pacientes

unnamed (1)A costureira Marluce do Carmo Raimundo, de 40 anos, por alguns instantes estranhou a movimentação no ambulatório do Hospital Estadual da Criança nesta terça-feira (29). Foi recepcionada por uma super-heroína e uma pasta de dentes gigante. Sua filha, Thais Raimundo Klen, de apenas seis anos, adorou a recepção e aprendeu com os dois personagens inusitados a escovar os dentes, além de receber aplicação de flúor. A festa no ambulatório da unidade estadual em Vila Valqueire é uma das inúmeras atividades da 1ª Semana Sorridente, organizada pela coordenação de Odontologia. Até o dia 1º de agosto serão realizados jogos, como jogo da memória, boliche, jogo da vida e oficina de desenhos, que ganharão novas versões alusivas ao tema da higiene oral.

A coordenadora de Odontologia da unidade, Melina Cavalcanti, comemora a ação. Para ela, atividades como essas são importantes, pois visam a prevenção e a motivação da saúde bucal, sobretudo em pacientes portadores de necessidades especiais.

 – A 1ª Semana Sorridente nasceu a partir da necessidade de atender a todos os pacientes do hospital, além dos que fazem tratamento de quimioterapia e transplantados. Nossa intenção é atender 350 crianças no evento. Vamos percorrer os leitos do hospital para entregar kits de escovação, mostrando o quanto é importante ter uma boa higiene bucal. A ideia é realizar mais ações trimestrais.– destaca Melina.

A coordenadora ressalta que o tratamento odontológico realizado nos pacientes da unidade já reduziu em 80% o número de infecções, especialmente a mucosite – inflamação na mucosa de revestimento do tubo digestivo – efeito mais comum e limitante no tratamento do câncer.

 – Cerca de 90% das crianças que estão em tratamento quimioterápico tem mucosite, por isso a nossa preocupação em prevenir e tratar as lesões. – disse.

Hospital Estadual da Criança – Inaugurado em março de 2013, Hospital Estadual da Criança é a primeira unidade do Rio de Janeiro voltada para atendimento pediátrico, realizando mais de 4.300 procedimentos cirúrgicos desde sua inauguração. Com investimento de R$ 5 milhões em equipamentos e obras de adaptação, a unidade conta com 58 leitos de enfermaria, 16 de UTI neonatal, 9 de UTI pediátrica e 8 poltronas de quimioterapia, exames de ultrassonografia, tomografia computadorizada, ecocardiografia e broncoscopia e serviços de fisioterapia motora e respiratória, terapia ocupacional e apoio psicológico para pacientes e familiares. O hospital tem capacidade para realizar 8.400 consultas ambulatoriais, 3.360 procedimentos cirúrgicos de alta complexidade e 2.400 quimioterapias por ano.

Gestão – Desde abril de 2012 a Secretaria de Estado de Saúde vem reorientando o modelo de gestão e atenção à saúde no Estado do Rio de Janeiro no intuito de melhorar a prestação dos serviços e a satisfação do usuário. A implementação dessa nova forma de administração tem como objetivos reduzir custo, melhorar a gestão e garantir um atendimento de qualidade à população. O Hospital Estadual da Criança foi viabilizado a partir de um contrato com a Rede D’Or São Luiz, que cedeu o prédio – onde antes funcionava o Hospital Rio de Janeiro – e passa a gerenciar o serviço público através da Organização Social com o Instituto D’Or de Gestão de Saúde Pública, fornecendo todos os recursos humanos e materiais necessários ao adequado funcionamento do hospital, dentro dos parâmetros e diretrizes estabelecidos pela Secretaria.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *