I Seminário Estadual de Consórcios de Saúde do Rio de Janeiro debate a regionalização dos serviços de saúde

Iniciativas bem sucedidas na área foram apresentadas com objetivo de fortalecer a atuação dos municípios em busca de soluções conjuntas

unnamed (1)O fortalecimento dos consórcios municipais de saúde e a integração entre as prefeituras foram os principais temas do I Seminário Estadual de Consórcios de Saúde do Rio de Janeiro, promovido pela Secretaria de Estado de Saúde, nesta sexta-feira (29/5), em Niterói. A proposta é sensibilizar os gestores municipais quanto à importância da formação de consórcios intermunicipais para buscar soluções conjuntas para questões de saúde pública. O seminário foi aberto pelo governador Luiz Fernando Pezão.

– Reconheço os esforços das prefeituras para manter e aprimorar os serviços de saúde. Um estado é forte quando seus municípios estão fortalecidos. Por isso, vamos continuar valorizando a atenção básica. A população está mais exigente e temos também que reconhecer o quanto se está fazendo pela saúde pública. Temos unidades reconhecidas e premiadas, como aconteceu nesta semana com o Instituto Estadual do Cérebro e o Programa Estadual de Cirurgia Bariátrica – destacou o governador, citando o Prêmio Dr. Pinotti, oferecido pela Câmara dos Deputados, em Brasília, que homenageou políticas de saúde de sucesso no país.

O evento contou ainda com a participação de representantes do Ministério da Saúde e Ministério Público, além de prefeitos, secretários municipais de saúde e representantes de consórcios do estado.

– Através dos consórcios, é possível definir linhas de atuação para que os serviços de saúde de um município também possam ser disponibilizados para as cidades associadas. Temos exemplos no estado do RJ e, neste seminário, estamos mostrando experiências bem sucedidas nos consórcios existes no Rio de Janeiro, e também nos outros estados – afirmou o secretário de Saúde, Felipe Peixoto.

A convite da assessoria de regionalização da Secretaria de Estado de Saúde, representantes de estados como Minas Gerais, Ceará e Rio Grande do Sul fizeram apresentações de experiências de sucesso na gestão de consórcios intermunicipais. A programação contou ainda com debates relacionados à legislação e financiamento de recursos para consórcios. Um dos temas, por exemplo, foi a possibilidade de atuação de consórcios na gestão de hospitais dos municípios associados, além da racionalização de recursos, visando a definição de focos essenciais na saúde pública de cada região e suas particularidades.

Ao fim do evento, o secretário Felipe Peixoto destacou ainda que as próximas etapas acontecerão com reuniões de trabalho regionais, assim como visitas aos consórcios já existentes, ampliando e fortalecendo as experiências.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *