Mamógrafo Móvel do Governo RJ chega à Baixada Fluminense

O aparelho está preparado para realizar diariamente 60 mamografias e 30 ultrassonografias, além de 25 biópsias semanais. Inaugurado em dezembro de 2013, o equipamento visitou primeiro Niterói e se despede da cidade nesta quinta (30). Até dia 29, foram realizados mais de 590 exames

mamografo_movelDuque de Caxias será o próximo município a receber o Mamógrafo Móvel da Secretaria de Estado de Saúde. A unidade itinerante chega nesta segunda-feira, 03 de fevereiro, e vai permanecer na cidade até 26 de fevereiro. O serviço será instalado na Praça do Pacificador (Praça do Teatro Raul Cortez) – Centro, e irá beneficiar pacientes de mais seis cidades: São João de Meriti, Belford Roxo, Nilópolis, Nova Iguaçu, Magé e Mesquita.

O Mamógrafo Móvel disponibiliza exames digitais de mamografia e ultrassonografia a pacientes do Sistema Único de Saúde, além da possibilidade de realizar biópsias mamárias ali mesmo caso o médico detecte alguma alteração no procedimento, evitando perda de tempo entre o diagnóstico e o tratamento. A iniciativa visa, principalmente, o diagnóstico precoce do câncer de mama, tipo mais comum entre mulheres no Brasil, que registra cerca de 13 mil mortes por ano de biópsias mamárias.

O atendimento será feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h30, e, aos sábados, das 8h às 15h. O aparelho tem capacidade de realizar, diariamente, cerca de 60 mamografias e 30 ultrassonografias, além de 25 biópsias semanais. Os exames duram cerca de 20 minutos.

Inspiração em projetos de sucesso – A unidade móvel foi inspirada nos Tomógrafos e Ressonância Magnética Móveis, projetos da SES que já realizaram, juntos, mais de 110 mil exames desde 2009. Assim como nos dois serviços, o Mamógrafo Móvel foi instalado numa carreta especial que é composta por 2 mamógrafos, 1 aparelho de ultrassonografia e sistema informatizado que permite a avaliação e a liberação do laudo na unidade.

Agendamento – Os agendamentos dos serviços de mamografia e ultrassonografia são feitos pelas secretarias municipais de Saúde, que recebem o pedido médico do paciente, encaminham a planilha com as demandas para o serviço da SES e informam os pacientes sobre a data, hora e local do procedimento. O paciente que possui aparelho de celular, recebe essas informações via torpedo telefônico até 48 horas antes do dia marcado. Após um período de 10 a 15 dias úteis, os laudos são entregues ao município de origem dos pacientes.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *