Medalha CONTER Wilhelm Conrad Röntgen é entregue a pioneiros no Congresso em Brasília

thumbnail_1446246084Neste ano, completamos 30 da regulamentação das atividades radiológicas no Brasil, a celebração é um marco. Toda essa trajetória, porém, só foi possível graças ao esforço de profissionais desbravadores que marcaram toda nossa história.  Cidadãos visionários, que dedicaram boa parte de suas vidas para a evolução dessa profissão. Toda essa dedicação, fez de tais profissionais personagens icônicos, exemplos inspiradores, a quem hoje o Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia – CONTER presta justa homenagem.

Conheça um pouco mais dos oito profissionais condecorados com a honraria batizada pelo nome do pai da Radiologia.

Virtus Carlos Salcedo Roxo – Rio Grande do Sul (RS)

Natural do município de São Francisco de Paula (RS), o gaúcho tornou-se técnico em Radiologia no dia 1º de junho de 1976. Atuou como técnico no Hospital Lazzarotto e no Hospital Cristo Redentor, além de ser Supervisor de Aplicação das Técnicas Radiológicas (SATR) do Hospital de Pronto Socorro, todos eles em Porto Alegre. Tornou-se Tecnólogo em Radiologia em 2005, pelo Instituto Pró-Universidade Canoense (IPUC). À época já atuava como conselheiro efetivo do Conselho Regional de Técnicos em Radiologia da 6ª Região (CRTR 6ª Região) desde 2003, onde deu sua parcela de contribuição até 2011.

Paulo Oliveira Gomes – Pará (PA)

Com mais de 30 anos de profissão, Paulo Oliveira Gomes dedicou cinco deles à filiação dos técnicos em Radiologia do estado do Pará junto à Federação das Associações dos Técnicos em Radiologia do Brasil (FATREB). A partir dessa união nasceu mais uma Associação de Técnicos em Radiologia no país, a ATREPA, que teve Paulo como fundador-presidente, de 1979 a 1985. Como presidente da ATREPA, Paulo promoveu vários cursos de operadores de raios X, que eram ministrados por médicos radiologistas.  Paulo Gomes trabalhou no Hospital Universitário João de Barros Barreto (1980 a 2009), no Hospital Ophyr Loyola (1978 a 1988) e na Santa Casa de Misericórdia do Pará (1992 a 1995). Em 2009, após muito trabalho e lutas pela categoria, aposentou-se.

Faustino José de Souza – Santa Catarina (SC)

São 72 anos de idade – 39 deles voltados para o exercício das técnicas radiológicas. Faustino José de Souza se formou no Departamento de Radiologia da Associação Catarinense de Medicina, em 1969. Um ano após a formatura, esse catarinense natural de Florianópolis começou suas atividades no Hospital Comandante Lara Ribas. O ambiente de trabalho permitiu que Faustino realizasse curso preparatório para se formar como Sargento. Em 1974, ele passou a trabalhar também como técnico em Radiologia no Hospital de Caridade, onde prestou seus serviços por oito anos. Em 1984, assumiu o cargo de técnico em Radiologia na Universidade Federal de Santa Catarina. Além disso, trabalhou também nas Clínicas Carlos, Santa Catarina e no Instituto de Ortopedia e Traumatologia de Joinville/SC.

Francisco Sales Ribeiro – Minas Gerais (MG)

Com mais de três décadas comprometidas com o atendimento a pacientes na área da saúde, Francisco Sales Ribeiro iniciou sua vida profissional como atendente do setor de enfermagem. Em 1983, já formado no curso de Técnico em Radiologia, começou a trabalhar na Clínica Radiológica CONRAD. De lá para cá, acumulou diversas experiências profissionais, mas foi na pediatria que encontrou o seu lugar, foram mais de 27 anos na ala infantil. Figura emblemática de Belo Horizonte, ele atualmente é Conselheiro Efetivo pelo 5º Corpo de Conselheiros do CRTR da 3ª Região. No órgão, já exerceu o cargo de Diretor Secretário.

José Antônio Bertoldi –  Paraná (PR)

O pioneiro esteve presente na criação da Associação Paranaense dos Técnicos em Radiologia (APATER) e, mais tarde, o Sindicato dos Técnicos em Radiologia do Paraná (SINTERPAR). Além disso, acompanhou de perto a criação do Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER), viu nascer os primeiros Conselhos Regionais (CRTRs) e participou do processo de regulamentação da profissão.

Paulo Barros Reis – Rondônia (RO)

Após formar-se no estado do Rio de Janeiro, em 1970, o profissional resolveu se radicar e fornecer seus serviços em Porto Velho, coração do estado de Rondônia. Ele até chegou a exercer a profissão em terras cariocas, mas foi no início da década de 80 que se tornou um dos pioneiros da Radiologia na região norte do país e levou conhecimento e capacitação para tantas outras pessoas. Foi um dos únicos profissionais de Rondônia com formação na área, trabalhou por mais de 30 anos no Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, além de prestar serviços para a Clínica Dr. Enoch. Ele foi um dos pioneiros na implementação do primeiro aparelho de Tomografia Computadorizada (TC) no estado, através da Clinica de Radiologia Dr. Samuel Castiel. Além disso, o pioneiro tornou-se um dos primeiros professores do curso de TC em Rondônia, sendo responsável pela formação dos primeiros técnicos em Radiologia com essa especialidade na região.

Imeneu Campos – Mato Grosso do Sul (MS)

Iniciando sua trajetória na Radiologia em 1975, na capital sul-mato-grossense, nosso homenageado sempre colocou o reconhecimento dos profissionais como fator motivador do seu trabalho. Esteve presente em momentos marcantes para a consolidação da nossa classe e é lembrado até hoje como um exemplo a ser seguido. Isso porque seu legado é valioso, ele foi o primeiro presidente do Conselho Regional que abrange os estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Em seu trabalho a frente da instituição, lutou pela formação e capacitação dos profissionais na região.

Miguel Santana dos Santos – Maranhão (MA)

Miguel deixou o Estado do Pará para se tornar técnico em Radiologia na capital maranhense. Com 70 anos de idade, dedicou mais de 30 anos de serviço às técnicas radiológicas. Trabalhou no Hospital Pam Diamante, no Hospital Juvêncio Mattos, no Instituto de Radiologia de São Luís e ainda fez parte da equipe de técnicos em Radiologia do Hospital Carlos Macieira IPEM. Em junho de 1990, Miguel efetuou sua inscrição no Conselho Regional de Técnicos em Radiologia da 17ª Região (CRTR Maranão/Piauí). Foi o primeiro passo para, futuramente, tornar-se conselheiro efetivo do Regional. Atualmente, o senhor Miguel Santana está em seu segundo mandato como conselheiro do CRTR.

FONTE: CONTER
http://www.conter.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *