Ministério da Saúde destina R$ 15 milhões para o Hospital Juscelino Kubitschek (RJ)

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, anuncia nesta sexta-feira (11), em visita ao estado do Rio de Janeiro, o investimento de R$ 15 milhões para reforma e ampliação do Hospital Municipal Juscelino Kubitschek, localizado no município de Nilópolis (RJ). O recurso vai possibilitar que a unidade possa oferecer à população da região um serviço especializado em obstetrícia, cirurgia eletiva e retaguarda clínica para as urgências e emergências. A verba será repassada do Fundo Nacional de Saúde ao Fundo Municipal de Saúde de Nilópolis ainda neste ano.

O anúncio do investimento ocorreu durante a visita do ministro Ricardo Barros, às instalações da unidade, juntamente com o prefeito de Nilópolis, Farid Abrão.

“Estamos passando vários recursos para a Baixada, em Nilópolis. São R$ 15 milhões para a conclusão do Hospital Juscelino Kubitschek; e um equipamento para ressonância magnética e mais R$ 4 milhões para custeio permanente dos serviços do Hospital da Posse. Também vamos qualificar a UPA Juscelino Kubitschek com o custeio mensal, além de equipamentos para o Hospital do Olho em Duque de Caixas. Esperamos fazer cada vez mais para melhorar a saúde na Baixada e em todo o Brasil, afirmou ministro da Saúde, Ricardo Barros”.

Após a finalização das obras na unidade, o Hospital Municipal Juscelino Kubitschek deverá voltar a ser referência no atendimento hospitalar na microrregião, que envolve os municípios de Nilópolis, São João de Meriti, Mesquita e bairros do município do Rio de Janeiro.

Integram a proposta de ampliação e reforma do hospital, a criação de consultórios e salas de triagem médica, sutura, radiologia, tomografia, ultrassonografia, além de posto de enfermagem. O projeto ainda está em análise pelo Ministério da Saúde. Atualmente, o Hospital Geral conta com 19 consultórios, sete salas de procedimentos e 27 leitos exclusivos do Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, a unidade oferece serviço de atenção ao pré-natal, parto e nascimento.

HOSPITAL DO OLHO/HOSPITAL DA POSSE – Durante visita ao estado do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, o ministro Ricardo Barros visitou também o andamento das obras do Hospital do Olho em Duque de Caxias, que deve ser inaugurado no final deste mês de agosto. Será um hospital especializado em oftalmologia com atendimento em glaucoma, transplante de córnea, catarata e outras doenças oculares. A unidade atenderá a população da região metropolitana do Rio de Janeiro. O hospital terá três centros cirúrgicos com capacidade para 120 cirurgias/dia e 22 consultórios.

Ainda em agenda no Rio, Ricardo Barros também visitou o Hospital Municipal de Nova Iguaçu, conhecido como Hospital da Posse. O Ministério da Saúde repassa para esta unidade R$ 144,2 milhões por ano para custeio dos serviços, além de R$ 12 milhões de incentivo. Na atual gestão da pasta, foram repassados R$ 3,8 milhões para a abertura de novos leitos, incluindo de UTI, em Nova Iguaçu.

O Hospital da Posse realiza, em média, 12.500 atendimentos por mês, além de atender 45% de pacientes de outros municípios. Em 2016, o hospital realizou 1,4 milhão de procedimentos ambulatoriais e 22.884 internações hospitalares, correspondendo a R$ 30,6 milhões de custeio para esses serviços.

A agenda do ministro da Saúde, Ricardo Barros, nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, teve início com uma reunião no Palácio Duques de Caxias, com o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, e o secretário de Estado da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico do estado do Rio de Janeiro, Christiano Áureo, entre outros participantes, para tratar de ações sociais do Plano Nacional de Segurança.

FONTE: Ministério da Saúde
http://www.saude.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *