Ministério Público convoca Anatel e empresas de telefonia móvel

Em pauta, radiação emitida pelas antenas de transmissão de cada operadora

O Ministério Público Estadual, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, realizou na manhã desta segunda-feira, 24, uma reunião com representantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e representantes das empresas que prestam serviço de telefonia móvel em Teresópolis. Em pauta, a apresentação sobre as emissões eletromagnéticas das estações de transmissão de cada operadora, avaliando a radiação emitida em torno das antenas.

“Nosso objetivo é dar transparência e mostrar à população os pontos onde a incidência eletromagnética, originária das torres de telefonia móvel, está ou não dentro dos padrões permitidos. É uma investigação para identificar a confluência de vários pontos no mesmo local”, explicou a promotora de Justiça Anaíza Malhardes, do Ministério Público Estadual.

O secretário de Meio Ambiente, André de Mello, agradeceu a iniciativa do Ministério Público. “Com isso, podemos informar a população sobre as emissões de radiação em cada região da cidade. E já teremos o estudo para quando outras antenas forem instaladas no município”, concluiu.

Em Teresópolis, as empresas Tim, Claro, Vivo, Oi e Nextel possuem licença da Anatel para operar. Cada uma levou um técnico responsável para mostrar os pontos de suas antenas de transmissão, visando analisar se há confluência de duas ou mais operadoras em determinada área.

Após todas as apresentações, foi avaliado que existem três pontos de conflito de duas ou mais operadoras no município: um no bairro do Alto e dois no centro da cidade. “A partir desta análise, será feita a medição no local para avaliar se essas emissões identificadas estão acima ou de acordo com o que a lei determina”, concluiu Anaíza Malhardes.

Com este resultado, o Ministério Público Estadual, os representantes da Anatel e das empresas que prestam serviço de telefonia móvel agendaram para o dia 13 de março a medição de intensidade de radiação emitida nos três pontos identificados. As empresas terão até o dia 1º de abril para enviar ao Ministério Público a análise dessas medições.

unnamedA reunião tratou da radiação emitida pelas antenas de transmissão de telefonia móvel

FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis
http://www.teresopolis.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *