MS aconselha prática de exercícios regulares

Atletas de fim de semana correm mais risco de sofrer lesões ou problemas cardíacos
Fazer exercícios físicos uma vez por semana, além de não produzir efeito, pode ser um problema para a saúde. De acordo com especialistas de unidades  vinculadas ao Ministério da Saúde, os atletas de fim de semana – aqueles que praticam alguma atividade física – como o futebol no sábado ou no domingo – correm mais risco de sofrer lesão muscular.

O ortopedista do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO), José Inácio Salles, destaca alguns dos perigos deste hábito. “As pessoas que jogam futebol nos finais de semana e não fazem exercícios regularmente, correm mais risco de se machucar, de ter tendinite, artrose, ou, até mesmo, uma torção de joelho. Exercício físico uma vez por semana é risco sempre, além de não trazer benefício”, explica o ortopedista.

Além das contusões musculares, os atletas de fim de semana podem sofrer problemas do coração. É o que explica o cardiologista doGrupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul, Justo Leivas. “Quem submete o organismo a uma carga muito grande de exercício, pode sofrer algum problema cardiológico, como um infarto, arritmias graves ou, até mesmo, ter uma morte súbita”, alertou.
  
O cardiologista também defende a prática de exercícios regulares. Se isso não for possível, ele aconselha que a atividade física seja realizada, no mínimo, três vezes por semana. Neste caso, na sua opinião, o ideal é a prática em dias alternados, ou seja, não adianta malhar três dias seguidos e passar quatro sem fazer nada. Se a pessoa, realmente, não tem tempo, os médicos aconselham a escolha de alternativas, como o uso de escadas, em vez do elevador, em locais onde trabalha ou reside. Outra alternativa é a pessoa descer do ônibus algumas paradas antes para dar uma caminhada.


FONTE: Ministério da Saúde

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *