No Dia dos Avós, Centro de Estudos e Pesquisas do Envelhecimento comemora mais de 800 cuidadores de idosos formados

O dom de cuidar associado a técnica é o que prevê o Curso de Cuidadores de Idosos, promovido pelo Centro de Estudos e Pesquisas do Envelhecimento (CEPE), da Secretaria de Saúde do Estado. Oferecido, gratuitamente, o curso teórico-prático foca nas especificidades do envelhecimento e tem sua próxima turma com início em 04 de agosto. Neste sábado, dia 26 de julho, quando é comemorado o Dia dos Avós, a unidade comemora mais de 800 cuidadores capacitados.

Além de contribuir com a melhoria da abordagem assistencial aos idosos – pelos cuidadores e profissionais de saúde, o curso tem como finalidade a promoção da saúde. O conteúdo é exposto pela equipe multiprofissional do CEPE e destaca, entre outras situações, a ocorrência de acidentes dentro da residência, como afirma a coordenadora geral do CEPE, Thelma Battaglia.

– Para ressaltar os riscos comuns nos ambientes residenciais, o CEPE dispõe de um simulador: a Casa Segura / Insegura. Com estrutura similar a real, os alunos podem observar que as rotinas aparentemente simples, como o uso do ferro elétrico, podem colocar em risco a segurança do idoso, esclarece a coordenadora.

O curso ainda discute questões relacionadas a autonomia e independência dos idosos, que abordam respectivamente, o “não poder escolher” e o “não conseguir fazer sozinho”, e sinaliza que, quando possível, o idoso deve permanecer realizando suas funções, o que contribui com o envelhecimento ativo. Inscrita para fazer o curso de cuidadores do CEPE, Hélida Moreira da Silva Nascimento, 25 anos, destaca a expectativa para o aprendizado:

– Já tive duas experiências cuidando de idosos e gostei muito. Quero continuar trabalhando neste ramo e percebi que para isso tenho que me capacitar. Tenho certeza de que o que vou aprender vai me ajudar nas dificuldades e reduzir a insegurança, pois vou fazer o que gosto sabendo como deve ser feito.

Curso gratuito, aberto ao público – O CEPE já está com vagas disponíveis para a nova turma do Curso de Cuidadores de Idosos. Os interessados devem ligar para (21) 2334-6853, para obter informações.

Serviço direcionado: Centro de Trauma do Idoso – A ocorrência de quedas na terceira idade aumenta a incidência de fraturas que, se operadas em até 36 horas, aumenta a chance de sobrevida e a diminuição de sequelas. Neste sentido, o Centro de Trauma do Idoso foi criado em outubro de 2012, para atender pacientes vindos de emergências hospitalares. Até hoje, já foram realizados 2.115 procedimentos cirúrgicos em idosos, na unidade que funciona no Hospital Estadual São Francisco, na Tijuca.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *