Nova Friburgo participará da Campanha do Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais

A Prefeitura Municipal de Nova Friburgo, através da Secretaria Municipal de Saúde, da Subsecretaria de Vigilância em Saúde e do Programa Municipal de DST/ AIDS e Hepatites Virais, realizará no dia 28 de julho uma ação de combate, prevenção e informação referente ao Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais.

 De 8h30m as 16h será oferecida a testagem rápida para as Hepatites B e C, vacinação contra a Hepatite B e orientações sobre as hepatites virais, na Policlínica Centro Dr. Sylvio Henrique Braune, no Centro de Referência de Combate à Homofobia, nas ESF (Estratégias de Saúde da Família) de Mury, Olaria I, Nova Suíça e Varginha, além da capacitação para manicures a partir das 9h no auditório da Policlínica Centro Dr. Sylvio Henrique Braune.

Informações:

As hepatites virais são um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. São doenças causadas mais comumente pelos vírus A, B, C ou D, que provocam inflamação no fígado. São silenciosas, pois nem sempre apresentam sintomas. Além disso, têm grande importância pelo número de indivíduos atingidos e pela possibilidade de complicações das formas agudas e evolução para formas crônicas, podendo levar à cirrose e ao câncer de fígado.

As Hepatites A e E são transmitidas pela contaminação das mãos levadas à boca e estão relacionadas às condições de saneamento básico, higiene pessoal, qualidade da água e dos alimentos.

Já as Hepatites virais B, C e D são transmitidas pelo sangue, esperma e secreção vaginal através da relação sexual. Dessa forma a transmissão pode ocorrer pelo compartilhamento de objetos contaminados como lâminas de barbear e de depilar, escovas de dente, alicates de unha, materiais para colocação de piercing e para confecção de tatuagens, instrumentos utilizados em uso de drogas injetáveis, inaláveis e pipadas, acidentes com exposição de material biológico e procedimentos em que não se aplicam as normas adequadas de esterilização.

A grande maioria das hepatites não apresenta sintomas ou então, apresentam sintomas como febre, mal estar, desânimo;,dores musculares, icterícia (conhecida popularmente como amarelão), urina avermelhada e fezes claras, podendo evoluir para cirrose e até a morte .

A prevenção é feita utilizando preservativos nas relações sexuais e não utilizando materiais cortantes ou agulhas que não estejam devidamente esterilizados.

Vale destacar que as unidades de saúde oferecem, de forma gratuita, a vacina contra hepatite B para pessoas de até 49 anos ou que se enquadrem dentro das indicações do Centro de Referência de Imunos Especiais.

É fundamental se prevenir.

Para outras informaçõeS procure o Programa Municipal de DST/AIDS e HIV, na Rua Plínio Casado s/nº, Policlínica centro Dr. Sylvio Henrique Braune, Sala 5—Suspiro.

FONTE: Prefeitura de Nova Friburgo
http://www.novafriburgo.rj.gov.br/

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *