O papel do pai na saúde e criação dos filhos

Mês de Valorização da Paternidade alerta para participação do pai no cuidado dos filhos

“Homem que é homem cuida de criança”. Esse é o mote do Mês de Valorização da Paternidade, comemorado em agosto, que busca promover o pleno exercício da paternidade como uma ação de saúde para toda a família. A campanha é realizada pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro  (SMS) em parceria com o Comitê Vida, um grupo de trabalho intersetorial que envolve diferentes secretarias municipais, ONGs e universidades. A iniciativa reconhece os diferentes modelos de paternidade e de masculinidades e discute políticas públicas que colaborem para o envolvimento dos pais no cuidado com seus filhos.

“A participação afetuosa dos pais no cuidado com seus filhos é um processo que contribui para o bem estar de toda a família. Diversos estudos reconhecem que o envolvimento do pai em ações de saúde – como o pré-natal, o parto e a fase da amamentação – tem repercussão na redução de indicadores de mortalidade infantil, materna e de sífilis congênita. Por isso investimos na valorização da paternidade como uma política pública”, aponta a médica Viviane Manso Castello Branco, idealizadora da campanha e coordenadora de Políticas e Ações Intersetoriais da Superintendência de Promoção da Saúde da SMS.

O Mês de Valorização da Paternidade também busca sensibilizar a sociedade para a importância da participação do pai no crescimento e desenvolvimento de seus filhos. “A paternidade é, antes de tudo, uma expressão cultural. Hoje convivemos com muitos modelos de família e é fundamental que em todos eles a paternidade seja respeitada e valorizada, independentemente de o pai ser adulto, jovem ou idoso; casado ou solteiro; homossexual ou heterossexual; trabalhar fora ou ser ‘dono de casa’”, defende Viviane.

Dentre as ações promovidas pela campanha, que em 2014 chega à 12ª edição, está o Simpósio Paternidades, Singularidades e Políticas Públicas, que este ano será realizado dias 13 e 14 de agosto, na Universidade Veiga de Almeida (UVA), na Tijuca. O evento, organizado pela SMS-RJ em parceria com o Instituto Promundo, reúne profissionais e gestores de saúde, educadores e outros parceiros para discutir formas de implementar e aprimorar políticas públicas em favor da valorização da paternidade, por exemplo, por meio das Unidades de Saúde Parceiras do Pai. Também são realizadas atividades em unidades de saúde, escolas e comunidades cariocas – muitas delas desenvolvidas pela Rede de Adolescentes e Jovens Promotores da Saúde (RAP da Saúde).

Saiba mais sobre o Mês de Valorização da Paternidade em:
http://elosdasaude.wordpress.com/paternidade
https://www.facebook.com/mesdevalorizacaodapaternidade

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *