Obras são retomadas no Rio Imagem 2, em Niterói, e expectativa é que novo centro acabe com fila para exames de imagem no estado

Na manhã desta quinta-feira (01/10), Secretário de estado de Saúde, Felipe Peixoto, vistoriou a unidade, que deve ser inaugurada até o final de 2016

unnamedEm visita às obras do segundo Centro de Diagnóstico por Imagem do Estado do Rio de Janeiro – Rio Imagem 2 – em Niterói, na manhã desta quinta-feira (01/10), o Secretário de Estado de Saúde, Felipe Peixoto, declarou que a nova unidade será fundamental para acabar com as filas para exames de imagens no estado.

– Não haverá mais fila para os exames de imagem no Rio de Janeiro com a inauguração do Rio Imagem 2 e a cobertura já existente da Secretaria de Estado de Saúde com as unidades móveis de exames que percorrem o estado, além do Rio Imagem que já funciona no Centro do Rio – declarou o secretário.

Com as obras retomadas nos últimos dias, Felipe Peixoto visitou a unidade na manhã desta quinta (01/10) em companhia do presidente da Empresa de Obras Públicas, EMOP, Ícaro Moreno Júnior. Os trabalhos no local haviam sido paralisados por uma questão técnica, já que o terreno tinha várias rochas que precisaram ser perfuradas.

– Agora já estamos a pleno vapor. O prédio estará de pé já em janeiro, com 90% de sua estrutura pronta. E, até o final do ano, estará servindo à população – informou Felipe Peixoto.

O Centro de Imagem de Niterói terá a mesma estrutura da unidade do Rio, que ficará desafogada para melhor atender os cariocas e os moradores da Baixada Fluminense e também do Sul do estado. Assim como no Rio de Janeiro, a unidade reunirá equipamentos de última geração, onde serão realizados até mil exames por dia. Com a inauguração do Rio Imagem 2, na Avenida Marquês do Paraná, no Centro de Niterói, moradores da cidade e de municípios próximos não vão mais precisar cruzar a Ponte Rio-Niterói para fazer exames de imagem no Rio de Janeiro.

Obras – Gerenciado pela Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro (EMOP), o prédio, com cinco pavimentos, está em construção no terreno onde funcionava o Hospital Santa Mônica. Com investimento de R$ 23 milhões feito pelo Estado, o edifício de 5 mil metros quadrados terá 16 salas para realização de exames. Além disso, cerca de R$ 19 milhões serão investidos na compra de equipamentos e sistemas para atender os pacientes com todo o conforto e modernidade.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *