Pesquisa mostra que população reage positivamente sobre a questão nuclear quando conhece mais sobre o tema

unnamed (1)

Uma pesquisa desenvolvida pelo físico Alexandre F. Ramos, professor da Universidade de São Paulo (USP), mostra que o acesso à informação sobre o uso das tecnologias nucleares nas áreas da medicina, agricultura e indústria ajuda a desmitificar a questão nuclear e impacta positivamente na opinião pública sobre o tema. Os resultados do estudo serão apresentados durante o próximo Seminário Internacional de Energia Nuclear – SIEN 2016, que acontece nos dias 20 e 21 de setembro, no Centro Cultural Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro. Entusiasta do uso da energia e tecnologia nucleares, Ramos atua em projetos de divulgação do assunto entre estudantes de ciências biológicas, ambientais e humanas.

“Na nossa experiência, a divulgação da energia nuclear e suas aplicações à públicos de Ciências Humanas e em Ciências Ambientais, desmistificam o assunto, mostrando possibilidades que esta matriz energética abre em outros setores, como saúde, agricultura, indústria e qualidade de vida”, defende o físico.

Ramos tem Pós-doutorado na Stony Brook University, em Nova York, e atua na USP na Escola de Artes, Ciências e Humanidades; no Núcleo de Pesquisa em Modelagem de Sistemas Complexos; e no Departamento de Radiologia e Oncologia da Faculdade de Medicina. O professor realiza pesquisa em física teórica aplicando a teoria das simetrias e dos processos estocásticos à biologia molecular; supercomputação; e física dos plasmas. O físico também trabalha no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo.

“Sem conhecimento, as pessoas acabam associando a energia nuclear apenas as questões como os acidentes de Chernobyl e Fukushima. Explicado ao público as reais dimensões dos tópicos polêmicos e reveladas as expectativas positivas do uso da energia e tecnologia nucleares, há uma reação positiva da população em relação ao tema”, explica o professor da USP. Os resultados da pesquisa fazem parte da palestra de Ramos intitulada “Aplicações das tecnologias nucleares: o retorno de Prometeu?”.

O SIEN 2016, que chega este ano à sétima edição, tem a intenção de dinamizar o debate e apresentar soluções e novas tecnologias para o desenvolvimento nuclear, criando um espaço importante para a discussão e intercâmbio técnico-profissional, além de um ambiente favorável para a realização de negócios. O evento, promovido pela Planeja & Informa Comunicação e Casa Viva Eventos, conta nesta edição com a parceria da FGV Energia, Centro de Estudos e Pesquisas da Fundação Getúlio Vargas.

O Seminário tem como tema central este ano “Um novo modelo de financiamento para o negócio nuclear”. O painel sobre o assunto contará com a participação de Otávio Mielnik, Coordenador de Projetos da FGV Projetos. Mielnik é doutor em Economia da Energia pelo Institut d’Economie et de Politique de l’Energie, Université de Grenoble, da França. Com trabalho de Pós-Doutorado no Energy and Resources Group, University of California, nos Estados Unidos, Mielnik tem atuado principalmente na área de economia, política, regulação e gestão empresarial das indústrias de petróleo, gás natural, geração nuclear, hidroeletricidade, geração solar, eólica e biocombustíveis.

Outro participante do painel é Leonam dos Santos Guimarães, doutor em Engenharia Naval e Oceânica pela USP e Mestre em
Engenharia Nuclear pela Universidade de Paris XI, Diretor de
Planejamento, Gestão e Meio Ambiente da Eletrobrás
Eletronuclear. Guimarães é membro do Grupo Permanente de Assessoria
em Energia Nuclear do Diretor-Geral da Agência Internacional
de Energia Atômica – AIEA; do Conselho de
Representantes da World Nuclear Association – WNA; do Conselho Empresarial de Energia Elétrica da FIRJAN/CIRJ; e
Presidente da Seção Latino Americana da Sociedade Nuclear
Americana.

O SIEN 2016 promove nesta edição o inédito 1o ETEN – Encontro sobre Tecnologia em Engenharia Nuclear para Fins Pacíficos, visando um intercâmbio tecnológico permanente no setor. Sucesso na edição de 2015, o SIEN irá repetir a 2ª EXPONUCLEAR, feira paralela de negócios criada com o objetivo de estimular as empresas a mostrarem suas soluções e tecnologias para o setor nas áreas industrial, de serviços, projetos, operação, manutenção etc.

As inscrições para o SIEN 2016 estão abertas e podem ser feitas pelo e-mail: inscricao.planeja@gmail.com, pelo site (www.sienbrasil.com), além dos telefones (21) 2215-2245 / (21) 2244-6211. As empresas interessadas em participar do SIEN 2016 e da EXPONUCLEAR como patrocinadoras ou trazendo suas tecnologias para a mesa de debates, podem entrar em contato com a  Planeja e Informa Comunicação e Marketing através do e-mail: informacoes@sienbrasil.com – telefone: (21) 2215-2245. Sócios da Associação Brasileira de Energia Nuclear (Aben), da ABDAN, da FEBRAE e do Instituto de Engenharia, da ABCE, da ABRAGET e da ANACE têm 10% de desconto na inscrição.

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *