Prefeito Arlei acompanha preparação do terreno para construção do Centro de Hemodiálise

O prefeito Arlei acompanhou nesta segunda-feira, 10, a demolição da antiga sede da Secretaria M. de Defesa Civil, na Tijuca, para que possa ser dado início à construção do Centro de Hemodiálise de Teresópolis no local. Com previsão de início para março, a obra será executada por empresa selecionada através de licitação. A Defesa Civil foi transferida para espaço disponibilizado no Centro de Empreendedorismo de Teresópolis, a incubadora de empresas do município, na Ermitage (Rua Wilhelm Cristian Kleme, 701).

“O Centro de Hemodiálise em nossa cidade é uma grande conquista para a população, que terá em Teresópolis um espaço voltado para o tratamento dos pacientes que precisam de hemodiálise. Agradeço ao Governo do Estado por mais esta importante parceria”, afirmou Arlei, que estava acompanhado dos secretários municipais Carlos Otávio Sant’Anna (Saúde), José Carlos Cunha (Governo) e Denílson Moraes (Serviços Públicos).

A demolição da casa de dois andares e do anexo ficou a cargo da Secretaria M. de Serviços Públicos. “Serão retirados em torno de 15 caminhões de entulho e parte do material será reaproveitada para manutenção de vias rurais A previsão é de que hoje ainda o nosso trabalho de demolição do imóvel esteja pronto. Este é um passo fundamental para que o município tenha independência com relação ao tratamento de hemodiálise. É mais uma vitória do Governo do prefeito Arlei”, ressaltou Tião Corrêa, subsecretário de Parques e Jardins responsável pela demolição.

De acordo com os cálculos da Secretaria M. de Saúde, a obra deve começar em março. “Depois que o espaço for liberado, após a retirada de todo o entulho, o local será preparado para a construção do Centro Municipal de Hemodiálise, enquanto isso, o processo licitatório para seleção da empresa que construirá o centro está sendo finalizado”, explicou o secretário municipal de Saúde, Carlos Otávio Sant’Anna.

Para que Teresópolis pudesse ter sua própria unidade de hemodiálise para o tratamento de pacientes dialíticos, o prefeito Arlei articulou com o Governo do Estado a liberação de R$ 1,8 milhão; o município vai entrar com uma contrapartida de R$ 300 mil. Assinado no dia 30 de janeiro, durante a visita, ao município, do vice-governador Luiz Fernando Pezão e do secretário estadual de Saúde, Marcos Musafir, o convênio prevê que a nova unidade terá 32 cadeiras para hemodiálise, funcionando em três turnos, com atendimento exclusivo ao Sistema Único de Saúde (SUS).

unnamed

 Prefeito Arlei ressalta que a construção do Centro de Hemodiálise é uma grande conquista para o município

FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis
http://www.teresopolis.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *