Prefeito Arlei consegue parceria do Estado para construção de um centro de tratamento de hemodiálise em Teresópolis

Na tarde desta terça-feira, 24, o prefeito Arlei, acompanhado do secretário municipal de Saúde, Carlos Otávio Sant’Anna, se reuniu com o secretário estadual de Saúde, Sérgio Côrtes, a fim de definir soluções com relação à situação dos pacientes de hemodiálise do município. Como principal resolução, será construído imediatamente um centro municipal de hemodiálise em Teresópolis.

Garantir a segurança dos pacientes e resolver a situação em menor prazo possível é a principal meta da administração municipal. “Estamos contando com total apoio do Governo do Estado para resolver o problema da hemodiálise no município. Hoje (24/9) pela manhã, conversei com o vice-governador, Luiz Fernando Pezão, que prontamente agendou a reunião com o secretário Sérgio Côrtes. Nossa maior preocupação é com nossa população. Mesmo tendo um ótimo tratamento em Itaboraí, sabemos que o deslocamento é um incômodo para todos. Por isso, ficou decidida a construção imediata de um centro municipal de hemodiálise em Teresópolis”, explicou o prefeito Arlei.

Para a construção da unidade, a Prefeitura e o Governo do Estado vão trabalhar em parceria para agilizar uma solução para os pacientes dialíticos do município, como ressaltou o secretário municipal de Saúde, Carlos Otávio Sant’Anna. “Vamos construir a clínica para evitar transtornos maiores com nossos pacientes. Estaremos trabalhando com o Governo do Estado para a construção emergencial de um centro, para que nossos pacientes possam fazer o tratamento no município. Nos próximos dias estaremos liberando um edital com essa resolução, onde será possível a construção de uma clínica com capacidade para atender até 200 pacientes”, disse o secretário, ressaltando que a clínica será uma unidade totalmente pública, ou seja, atenderá 100% dos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde).

O secretário estadual Sérgio Côrtes confirmou que, a pedido do prefeito Arlei, a Secretaria de Saúde do Estado vai liberar a verba necessária para a construção da clínica. “A Prefeitura vai entrar com o terreno e o Estado vai financiar a construção da clínica, para que o problema seja resolvido de uma vez por todas. Os pacientes em Teresópolis já estão sofrendo demais com a situação, que não pode se prolongar”, garantiu Sérgio Côrtes.

O terreno ao lado da sede da Defesa Civil Municipal, no bairro Tijuca, foi definido como local para a construção do centro de hemodiálise. Nos próximos dias será liberado o edital para a construção emergencial da unidade. “No início do próximo mês já estaremos dando início às obras da clinica, que terá prazo máximo de 180 dias para ser entregue à população”, finalizou o prefeito Arlei.

FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis
http://www.teresopolis.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *