Prefeitura inaugura reforma do CMS Renato Rocco, no Jacaré

Unidade recebeu obras diversas, entre elas melhorias na acessibilidade

untitledA Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inaugurou nesta terça-feira, 17 de novembro, a reforma do Centro Municipal de Saúde Renato Rocco, no Jacaré, na Zona Norte do Rio. A unidade passou por obras de melhorias que contemplaram infraestrutura, instalações elétricas e hidráulicas, para melhor atender à população.

O CMS Renato Rocco, que começou a funcionar em 1988, e é uma das maiores unidades de Atenção Primária da região. Conta com a estratégia de saúde da família e realiza por mês cerca de 30 mil procedimentos.

A reforma incluiu também adaptações para garantir acessibilidade de todos os usuários, como a construção de rampas e banheiros com sanitários e barras de sustentação para portadores de necessidades especiais. Outro ponto importante da obra foi a climatização dos setores de acolhimento e espera, com áreas fechadas com vidros temperados, mantendo a temperatura amena, mesmo em dias de intenso calor.

A área externa do CMS Renato Rocco também está de cara nova, com o plantio de grama e de flores no jardim da unidade, de onde é possível visualizar as novas esquadrias e a nova pintura do CMS, que também recebeu bate-macas, protetores de canto, novos piso, luminárias gradis, corrimão e escovário para higiene bucal. Toda a área da unidade também foi dedetizada contra formigas e outros insetos.

O CMS Renato Rocco fica na Área de Planejamento 3.2, que compreende os bairros Méier, Inhaúma, Higienópolis, Maria da Graça, Del Castilho, Engenho da Rainha, Tomás Coelho, São Francisco Xavier, Rocha, Riachuelo, Piedade, Sampaio, Engenho Novo, Jacaré, Lins de Vasconcelos, Todos os Santos, Cachambi, Engenho de Dentro, Água Santa, Encantado, Jacarezinho e Pilares. A região conta atualmente com 33 unidades da rede de atenção da Secretaria Municipal de Saúde, sendo dez clínicas da família, nove centros municipais de saúde, uma policlínica, duas unidades de pronto atendimento (UPA), cinco centros de atenção psicossocial (CAPS), dois hospitais, uma maternidade, um instituto de psiquiatria, uma unidade de acolhimento e um centro municipal de reabilitação.

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *