Prefeitura inaugura tomógrafo humanizado para criança no Hospital Municipal Jesus

Ambientação do espaço, que reproduz um submarino no fundo do oceano, é assinada pelo cenógrafo Gringo Cardia
A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil inaugurou nesta sexta-feira, 29, o primeiro tomógrafo humanizado da cidade, instalado no Hospital Municipal Jesus, em Vila Isabel. O aparelho, decorado como se fosse um submarino, ocupa um local ambientado como um oceano, transformando a sala em um espaço lúdico para as crianças. A primeira dama, Cristine Paes, e o secretário municipal de Saúde e Defesa Civil, Hans Dohmann, compareceram à cerimônia.
Com a melhor resolução de baixo contraste do mercado, o tomógrafo, que vale R$ 1.250 milhão e foi doado pelo Instituto Desiderata, garante alta qualidade de imagem, com baixa dose de radiação. A estimativa é realizar 400 exames por mês.
A ambientação do espaço leva a assinatura do cenógrafo Gringo Cardia, reconhecido por seus trabalhos em espetáculos de teatro e dança, entre outros. A adequação da sala e a instalação do aparelho foram realizadas pela SMSDC, com custo total de 390 mil. O objetivo é gerar curiosidade e expectativa por parte das crianças a respeito do submarino amarelo no interior da sala de tomografia, que reproduz o oceano, com sons e luzes teatralizadas e suaves que ajudam a criar a ambientação. O espaço, que recebe o nome de Aquário Carioca, propiciará à criança um espaço lúdico e acolhedor que contribuirá para a redução do uso de sedativos.
“Estamos investindo em tecnologia para a nossa rede. Os principais hospitais ganharam novos tomógrafos, entre outros equipamentos. A humanização é uma das nossas grandes preocupações e para isso vamos continuar ampliando a oferta deste tipo de serviço, garantindo o atendimento que a população merece.”, destacou o secretário Hans Dohmann.
O Hospital Municipal Jesus atende crianças com até 18 anos incompletos e é referência na maioria das especialidades pediátricas. Com capacidade média de 120 leitos para internação, a unidade realiza entre 5 e 7 mil consultas ambulatoriais por mês.
Em 2012, a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil inaugurou outros três tomógrafos, nos hospitais Miguel Couto, na Gávea, Souza Aguiar, no Centro, e Salgado Filho, no Méier, com investimento de mais R$ 5 milhões. Em 2011, foram feitas cerca de 21 mil tomografias nas emergências municipais.


FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *