Prefeitura inicia construção da Clínica da Família de Barros Filho

Com a nova unidade, o bairro passará a ter 100% de cobertura da Saúde da Família

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) deu início, na manhã desta quarta-feira (22), às obras de construção da clínica da família de Barros Filho, na Estrada João Paulo, 1007. A nova unidade contará com sete equipes de Saúde da Família e três de saúde bucal, beneficiando cerca de 21 mil moradores das comunidades de Eternit, Mata Quatro, Joana D’Arc, Parque Boa Vista (Proença e Rosa), Morro do Chaves, Morro do Catão, Novos Condomínios (Cond. Haroldo de Andrade, Residencial Beija Flor, Rouxinol e Andorinhas). A obra ficará a cargo da RioUrbe.

O prefeito Eduardo Paes falou sobre a importância da expansão da Atenção Primária para a cidade e destacou a sanção, em julho de 2014, da lei que autorizou o repasse da economia orçamentária da Câmara para a construção de novas clínicas da família: “Essa unidade será construída através da parceria com a Câmara Municipal, que economizou no ano retrasado e repassou R$130 milhões para a Prefeitura. A Atenção Primária é para as pessoas não ficarem doentes. Nas clínicas da família, as pessoas podem acompanhar doenças crônicas, fazer pré-natal e manter a vacinação em dia”.

A SMS tem 35 unidades em funcionamento na área programática 3.3, que agrega o bairro de Barros Filho: são 11 Clínicas da Família, 13 Centro Municipal de Saúde, três UPAs, dois hospitais maternidade, dois hospitais gerais e quatro Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Com a nova unidade, o bairro de Barros Filho passa a ter 100% de cobertura da Saúde da Família.

As clínicas da família fazem parte de um projeto pioneiro e inovador que permitiu a revolução histórica no setor de saúde da cidade. Hoje, o Rio conta com 74 clínicas da família inauguradas desde 2009. A meta da Prefeitura é inaugurar, este ano, 15 unidades, de um total de 66 até o fim de 2016, alcançando uma cobertura de 70% da população pelo Saúde da Família. Em 2008, o Rio era a capital com pior cobertura de saúde do país com apenas 3,5% dos cariocas atendidos pela estratégia. Atualmente, já são 47,9% de cobertura da população, o que representa mais de 3 milhões de pessoas beneficiadas.

Somente a Área de Planejamento 3.3, conta hoje com 43,5% de cobertura de Saúde da Família. A região também abrange Madureira, Irajá, Rocha Miranda, Guadalupe, Acari, Anchieta, Barros Filho, Bento Ribeiro, Campinho, Cascadura, Cavalcanti, Coelho Neto, Colégio, Costa Barros, Engenheiro Leal, Guadalupe, Honório Gurgel, Irajá, Madureira, Marechal Hermes, Oswaldo Cruz, Parque Anchieta, Parque Columbia, Pavuna, Quintino Bocaiuva, Ricardo de Albuquerque, Rocha Miranda, Turiaçu, Vaz Lobo, Vicente de Carvalho, Vila da Penha, Vila Kosmos e Vista Alegre.

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *