Projeto ‘Novo Olhar’ da Fundação Leão XIII fornece óculos de grau e cirurgia de catarata

Mutirão de consultas no Ginásio Pedrão atende Teresópolis e São José do Vale do Rio Preto

Teve início nesta quarta, dia 4, e prossegue na quinta-feira, 5, um mutirão da Fundação Leão XIII para atender as pessoas já inscritas no projeto ‘Novo Olhar’, destinado a quem ganha até dois salários mínimos e tem, no mínimo, 40 anos de idade. O programa fornece óculos de grau, de acordo com receita médica, e realiza cirurgias de catarata em rede particular de saúde, sem qualquer tipo de despesa. Exames de vista e pré-operatórios são feitos no Ginásio Pedro Jahara, o Pedrão, localizado na Várzea, atendendo moradores de Teresópolis e São José do Vale do Rio Preto. A estimativa é de que cerca de 1.600 pessoas sejam beneficiadas nos dois municípios.

Só Teresópolis cadastrou 1.500 pessoas, que estão sendo chamadas para participar do mutirão de consultas. Ao chegarem ao ginásio, elas encontram equipamento e profissionais para realizar exames oftalmológicos, receitar óculos e diagnosticar catarata. Quem tem indicação médica para cirurgia passa por exames de sangue e eletrocardiograma no próprio local. A entrega dos óculos está marcada para o dia 22 de julho, na sede da Fundação, no bairro Araras. Quanto às cirurgias, as pessoas cadastradas serão comunicadas sobre a data e local através de telefone ou telegrama; a operação será realizada em hospital da região, que será definido pela Fundação Leão XIII.

O projeto ‘Novo Olhar’ é realizado pelo segundo ano consecutivo em Teresópolis. “É uma parceria de sucesso entre o Governo do Estado e a Prefeitura, e beneficia muitas pessoas que têm dificuldade de acesso a esses importantes serviços de saúde”, assinalou Andréia Hannas, coordenadora do Pólo de Articulação Regional Serrana I da Fundação Leão XIII, que tem sede em Teresópolis.

Assessor da presidência da Fundação Leão XIII, Wellington Ferreira de Oliveira avaliou positivamente o espaço disponibilizado pela Prefeitura para o atendimento à população. “É formidável. As pessoas chegam, são consultadas por profissionais qualificados, fazem exames em equipamentos sofisticados e saem com a data de entrega dos óculos e o protocolo da cirurgia de catarata, sem nenhum custo”, avaliou.

Moradores do bairro de São Pedro, em Teresópolis, Lucinea Porcino de Paula e o marido, Carlos Roberto Francisco de Paula, aprovaram a iniciativa. “Muito louvável. O povão precisa desse tipo de serviço de saúde, porque pelo SUS demora até a pessoa ser atendida”, disse Lucinea. Com indicação médica para a correção do grau de seus óculos, Luzia Amélia Tardelli da Costa acha que valeu a pena sair do município vizinho de São José do Vale do Rio Preto para ser atendida em Teresópolis. “Facilita muito a nossa vida, pois às vezes a pessoa não tem condição de pagar consulta médica, nem para fazer os óculos. E aqui é tudo de graça”.

A Fundação Leão XIII fica localizada na Rua Josefa Jorge Cupello, 390, em Araras, e funciona de segunda a sexta, das 8h às 17h, com serviços de emissão de guia de isenção para segunda via de carteira de identidade, certidões de nascimento e casamento, além de orientação jurídica na área da Vara de Família. O telefone para informações é (21) 3641-5739.

unnamed

 Público cadastrado pela Fundação Leão XIII aguarda atendimento no mutirão de consultas do Projeto ‘Novo Olhar’

FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis
http://www.teresopolis.rj.gov.br/

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *