PSF Vila Felipe promove V Feira de Raízes e Culinária da Vida

e3098320bc9e754479592595bffb1b21_LTransformar as cascas, talos e folhas dos alimentos em deliciosas receitas doces e salgadas não é tarefa fácil. É preciso ter criatividade e saber usar esses “ingredientes” de forma correta. Há quase uma década, a equipe do Posto de Saúde da Família (PSF) da Vila Felipe, no Alto da Serra, promove uma feira que estimula o aproveitamento integral do alimento e o uso de ervas medicinais (Fitoterapia). Este ano, a quinta edição do evento (que é bienal) aconteceu nesta sexta-feira (16/10) data em que se comemora o Dia Mundial da Alimentação, e contou com a participação do secretário de Saúde André Pombo. Durante a feira, a comunidade pode experimentar quitutes deliciosos feitos com os mais variados itens.

“Tem receitas bem diferentes, uma mais gostosa que a outra. Esse tipo de atividade faz parte do programa de saúde da família, que visa a integração entre a comunidade e a equipe para a promoção da saúde”, disse o secretário, acrescentando que entre as receitas apresentadas na feira estavam algumas publicadas nas cartilhas de alimentação Infantil e do Adolescente, lançadas no ano passado pela Prefeitura. Entre elas: o brigadeiro de feijão, o bolo nutritivo (de beterraba e laranja) e o bolo falso de chocolate.

“As receitas foram preparadas pela equipe e a comunidade, e hoje estamos aqui para expor e experimentar essas delícias. O nosso objetivo é estimular uma alimentação saudável, utilizando integralmente o alimento, não desperdiçando nada. Preparamos alimentos nutritivos e não convencionais”, disse a enfermeira do posto, Elisa de Paula, acrescentando que as receitas são ensinadas as pacientes durante as reuniões dos grupos de controle de obesidade. “Também é importante ressaltar que temos parceiros importantes, além da Prefeitura e a secretaria de Saúde, o Bramil de Itaipava e o Colégio Santa Catarina”.

A aposentada Eva Maria de Souza Gonçalves, de 69 anos, participou da feira com uma deliciosa receita de pasta de berinjela com talos. “Além de ser gostoso é saudável e de baixo custo, pois aproveitamos todo o alimento. A casca e o talo às vezes são mais nutritivos e agora toda a família está comendo melhor”, disse. Ao todo quase 50 receitas diferentes foram mostradas na feira, entre elas caldo de agrião, bolo de casca de banana, docinho de beterraba, suflê de legumes, croquete de talos, pastel de couve, entre outros.

FONTE: Prefeitura Municipal de Petrópolis
http://www.petropolis.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *