Relatório de Casos de Dengue – 18/2014

b_800_600_0_00_images_stories_ASCOM_DENGUE_pano_de_fundoA Secretaria de Estado de Saúde informa que durante as dezessete semanas epidemiológicas de 2014 (de 1º de janeiro até 3 de maio), foram notificados 4.311 casos suspeitos de dengue no estado do Rio de Janeiro, com 4 óbitos confirmados: São Gonçalo (1), São José do Vale do Rio Preto (1) e Campos dos Goytacazes (2). As notificações foram compiladas pela Secretaria de Estado de Saúde a partir de dados inseridos no sistema pelos municípios de todo o estado até às 12h de 6 de maio.

Números de 2013 – Até a 18ª semana epidemiológica de 2013, foram notificados 150.866 casos suspeitos de dengue no estado do Rio de Janeiro. Nesse período, foram registrados 18 óbitos. Em comparação com o ano passado, o número de casos caiu 97% em 2014.

Capacitação de profissionais – A Secretaria de Estado de Saúde já capacitou 523 profissionais de saúde – entre médicos e enfermeiros – em curso realizado nos meses de dezembro de 2013, janeiro e fevereiro de 2014. O objetivo das aulas é fazer que os profissionais tenham condições de dominar o protocolo clínico de avaliação e tratamento da doença, que geralmente tem o maior número de casos registrados entre os meses de janeiro de maio.O curso é gratuito e terá novas turmas em breve. São aulas expositivas e estudos de casos, com os temas: manejo clínico da doença e condutas de tratamento, com ênfase nos grupos especiais (gestantes, crianças, portadores de doenças crônicas, risco social e idosos).

Prontuário Eletrônico – A Secretaria Estadual de Saúde implementou um Prontuário Eletrônico para auxiliar os profissionais de saúde do estado no atendimento a pessoas com dengue. Após inserir os dados do paciente no sistema, o programa avalia os sintomas e indica qual o melhor tratamento a ser seguido, e até aponta a necessidade de internação.

Campanha 10 Minutos Contra a Dengue – A campanha da Secretaria de Estado de Saúde é o tom de alerta para evitar um alarme neste verão, sendo uma importante ferramenta de conscientização para a necessidade de todos se engajarem no combate ao foco do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença. O objetivo é estimular a população a investir 10 minutos por semana para eliminar possíveis criadouros em suas casas, já que o ambiente doméstico concentra 80% dos focos.

Rio Contra a Dengue na internet – O site do programa da Secretaria de Estado de Saúde traz todas as informações sobre a campanha dos 10 Minutos Contra a Dengue como folhetos explicativos, a lista de ações que devem ser feitas semanalmente, tirinhas do personagem Mosquiteiro, espaço para marcar a data em que o morador fez a vistoria em casa e muito mais. O material foi produzido também para que gestores municipais tenham a opção de fazer o download do folheto e distribuir para a população. O endereço do site é www.riocontradengue.com.br. Nas redes sociais, é possível também fazer a sua parte, seguindo o perfil www.twitter.com/RioContraDengue

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *