RJ ganha mais um serviço de cirurgia cardíaca pediátrica pelo SUS

Hospital Pro Criança é inaugurado em Botafogo nesta quinta-feira (5)

b_800_600_0_00_images_stories_ASCOM_ProCrianca_musafirO governador Luiz Fernando Pezão participou nesta quinta-feira (5/6) da inauguração do Hospital Pro Criança Jutta Batista, em Botafogo. A unidade atuará em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde na realização de cirurgias cardíacas de alta complexidade por meio de chamamento público. Desta forma, a nova unidade vai se somar ao seviço de procedimentos cardíacos em bebês que já é realizado ateavés do Sistema Único de Saúde (SUS) na Perinatal, na Barra, onde mais de mil bebês de todo o estado do Rio de Janeiro foram operados.

O Hospital Pro Criança Jutta Batista tem 69 leitos, sendo 13 de UTI e 46 de internação. A unidade também conta com consultórios e enfermaria, centro cirúrgico com três salas, sala de hemodinâmica, serviço de radiologia, ultrassom, ecocardiografia, eletrocardiografia, laboratório de análises clínicas e brinquedoteca.

Para ajudar na construção do Hospital Pro Criança, o Governo do Estado, por meio do RIOSOLIDARIO – Obra Social do Rio de Janeiro, organizou eventos, como shows no Theatro Municipal, com artistas como Roberto Carlos, Maria Bethânia e o pianista Nelson Freire, com renda revertida para a instituição, em um total de R$ 10 milhões.

– Estou emocionado em ver esse hospital pronto, pois acompanhei todo o processo. Esse prédio demonstra que as pessoas ainda estão dispostas a ajudar obras sérias, a fazer o bem ao próximo – explicou o governador.

De acordo com o secretário de Saúde, Marcos Musafir, a parceria é muito importante.

– Hoje o Rio de Janeiro conseguiu mudar uma triste realidade que era a de crianças que nasciam com cardiopatias e não tinham chance de ser operadas. Já garantimos o procedimento a mais de mil pequenos bebês, através da parceria com a Perinatal; agora faremos ainda mais – afirmou o secretário.

Idealizado pela cardiologista pediátrica, Dra. Rosa Célia Pimentel Barbosa, a construção foi iniciada em 2009 com dinheiro de doações. O objetivo da unidade é aumentar o número de procedimentos invasivos para crianças cardíacas carentes. Também vai funcionar como hospital geral pediátrico, atendendo todo tipo de patologia, focando nas de alta complexidade.

– Inaugurar o hospital é a realização de um sonho. O próximo passo agora é iniciar os atendimentos e fazer daqui um lugar de esperança, de felicidade e de muita vida – disse a médica.

O hospital vai oferecer 30% de sua capacidade ao tratamento de crianças cardíacas carentes. Será instituído um novo modelo de gestão, garantindo a sustentabilidade financeira e operacional da unidade com atendimento também a pacientes particulares e de planos de saúde conveniados.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *