Semana comemorativa dos 51 anos do IEN

O Instituto de Engenharia Nuclear (IEN), unidade da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) no Rio de Janeiro, realizou na tarde desta terça-feira (21/5) solenidade em comemoração aos seus 51 anos. O evento fez parte da semana comemorativa organizada pelo Instituto, com eventos programados de segunda até sexta-feira (24/5).

A solenidade, realizada no auditório do IEN, foi aberta pelo diretor do Instituto, Paulo Augusto Berquo de Sampaio. A comemoração contou com as presenças do presidente da CNEN, Angelo Fernando Padilha; do titular da Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento (DPD), Isaac José Obadia; e do Chefe de Gabinete da CNEN, Rui Nazareth, entre outras autoridades.

A semana de comemoração iniciou na segunda-feira com a apresentação do documentário sobre a vida e carreira profissional do físico José de Júlio Rozental, que foi servidor da CNEN e teve papel fundamental na descontaminação da cidade de Goiânia após o acidente com césio-137, em 1987. Nesta quarta (22), ainda dentro da programação da semana, um grupo de servidores realizará, pela manhã, a chamada “Caminhada da Boa Ideia”, percorrendo parte do campus da UFRJ, onde o IEN está instalado.

Na quinta-feira será realizada, no auditório do IEN, uma série de apresentações sobre as áreas temáticas de pesquisa do Instituto. A programação encerra na sexta-feira com a palestra “Measurements of Velocities in Two-Phase Internal Flow: Making sense of complexity”, ministrada pelo professor Timothy Allen Shedd, da Universidade de Wisconsin, nos Estados Unidos.

Um dos pontos de destaque da programação ocorreu nesta terça-feira (21), com a inauguração da expansão do laboratório de termo-hidráulica do IEN, agora denominado Laboratório de Termo-Hidráulica Experimental David Adjuto Botelho, em homenagem ao engenheiro e PhD em Engenharia Nuclear pelo MIT, falecido em 2007, servidor do IEN por 28 anos.

As pesquisas do IEN nessa área são voltadas para estudos básicos do fluido do circuito primário de refrigeração de centrais nucleares do tipo PWR (como as usinas de Angra dos Reis/RJ), além de técnicas para medição de escoamentos bifásicos e circulação natural. O laboratório também dá suporte experimental ao desenvolvimento de programas computacionais para simulação termo-hidráulica de reatores nucleares.

A expansão do laboratório contribuirá para a participação do IEN no projeto conceitual do Reator Multipropósito Brasileiro (RMB). Um grupo de tecnologistas do Instituto faz parte da equipe responsável pelo projeto do sistema de refrigeração do reator. Nas novas instalações serão realizadas simulações em escala reduzida da circulação natural na piscina do sistema primário.

Outros dois projetos estão previstos: um estudo experimental de escoamentos bifásicos água-ar verticais e inclinados, voltado para pesquisas fundamentais em dinâmica dos escoamentos gás-líquido; e a montagem de uma bancada de calibração de medidores de vazão, utilizando componentes do circuito de sódio SS-040 de origem italiana já existentes no IEN.

A infraestrutura do laboratório já conta com um circuito de água, inaugurado em 1981, um Circuito de Circulação Natural (CCN) projetado e construído no IEN em escala reduzida, duas seções de teste bifásicas horizontais e inclináveis e instrumentação de medição (de vazão, temperatura, pressão, nível etc.) associada a estas instalações.

FONTE: CNEN

http://www.cnen.gov.br/

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *