Seminário abre programação da Semana do Aleitamento Materno

PSFs realizam atividades até 31 de agosto

A coordenadora da Divisão de Programas de Saúde, Maria da Conceição Salomão, relacionou a prática do aleitamento materno aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

A coordenadora da Divisão de Programas de Saúde, Maria da Conceição Salomão, relacionou a prática do aleitamento materno aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Seminário realizado nesta quarta-feira, 10, na Prefeitura, abriu a programação da Semana Mundial do Aleitamento Materno em Teresópolis. Com o tema ‘Amamentação e Sustentabilidade’, o evento reuniu servidores municipais, profissionais da área de saúde e mães.

O encontro foi aberto pelo secretário municipal de Governo, Carlos Dias. “Que aqueles que receberam a responsabilidade de gerar um filho tenham o compromisso efetivo de cuidar e amamentar no sentido mais amplo, ao longo da vida como um todo”, disse o secretário.

O secretário de Saúde, Julio Cesar Ambrosio, enalteceu o comprometimento da equipe no trabalho permanente de incentivo ao aleitamento materno no município. “Estamos readequando a rede de atenção à saúde e reestruturando o Posto de Coleta de Leite Humano para que volte a atender plenamente a população”, anunciou.

A enfermeira Jovina Rocha e a nutricionista Cleoneide Tavares, do Programa de Vigilância Alimentar e Nutricional, apresentaram o Jornal da Amamentação. Entre os informes sobre iniciativas de proteção ao aleitamento materno foram citadas três leis municipais: a 2.497, que permite à parturiente ter um acompanhante durante e após o parto; a 2.661, que estende para seis meses a licença maternidade para as servidoras municipais; e a lei 3378, que assegura às mães o direito de amamentar em locais públicos ou privados.

A arquiteta Mayara Christy Tavares de Lima fez palestra sobre ‘A sustentabilidade do ambiente e a saúde’, abordando questões sobre alimentação saudável, consumo responsável e reciclagem. “A mudança de hábitos trazem transformações para o meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas”, pontuou.

A coordenadora da Divisão de Programas de Saúde/Secretaria de Saúde, pediatra Maria da Conceição Salomão, falou sobre ‘Amamentação e Desenvolvimento Sustentável’. Ela relacionou a prática do aleitamento materno aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável lançados pela ONU.

“Tem o vínculo mãe-bebê, o vínculo emocional e com a saúde. Amamentar é transmitir a paz, é beneficiar a natureza e evitar danos ao meio ambiente. E tudo isso é de suma importância para todos nós”, resumiu.

Mãe de Ana Beatriz, de 11 meses, a comerciária Tainara de Andrade, 20 anos, acompanhou o seminário. “O leite materno é fundamental para a saúde e o bem estar da criança. Vou amamentar enquanto ela quiser”, garantiu.

Até o fim do mês de agosto, os PSFs realizarão encontros e rodas de conversa para incentivar o aleitamento materno e divulgar os benefícios da prática para mães e bebês. Até agora confirmaram atividades os postos de saúde do Perpétuo – dia 12/08; Granja Guarani – 15/08; Pimenteiras – 16/08; Araras – 22/08; e PSF do Meudon – 31/08.

FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis
http://www.teresopolis.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *