Teresópolis recebe a visita de parlamentares alemães

Comitiva visitou o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis

Teresópolis, 19 de junho de 2012 – Aproveitando a passagem ao Brasil para a Conferência Rio+20 sobre desenvolvimento sustentável, nesta terça-feira, 19, parlamentares alemães visitaram Teresópolis, com o objetivo de conhecer ações de preservação ambiental desenvolvidas no município.

O grupo, com cerca de 10 pessoas, entre parlamentares, acompanhantes e tradutor, foi recebido na Prefeitura pelo Prefeito Arlei e logo após seguiu um cronograma de visitas aos locais da cidade que foram afetados pela tragédia de janeiro de 2011 e às áreas de preservação, como o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis.

Em 2010, o Governo Alemão doou recursos financeiros ao FunBio para projetos voltados à preservação e recuperação da Mata Atlântica, e uma das iniciativas escolhidas para receber apoio foi a criação do Parque Montanhas de Teresópolis, que completa três anos em julho.

“O Parque Montanhas de Teresópolis recebeu muitos recursos do Governo Alemão para sua continuidade, e com essa visita eles estão verificando onde esse dinheiro foi investido. Hoje, nosso parque é referência de preservação e essa visita é muito importante para solidificar o exemplo da cooperação entre Brasil e Alemanha”, analisou o Subsecretário de Meio Ambiente e Defesa Civil, Major André de Melo.

Na Prefeitura, os parlamentares conversaram com o Prefeito Arlei sobre as dificuldades e os desafios no âmbito prevenção de catástrofes com relação à mudanças climáticas, proteção da biodiversidade e uso sustentável da terra. Os parlamentares também abordaram temas sobre as áreas protegidas e os seus potenciais econômicos para o desenvolvimento sustentável.

Acompanhados pelo Secretário de Administração Carlos Tucunduva e pelo Subsecretário de Meio Ambiente e Defesa Civi, Major André de Melo, a comitiva se dirigiu à comunidade de Campo Grande, muito afetada pelo acidente climático de 12 de janeiro de 2011, que atingiu cerca de 80 bairros e localidades, na cidade e no interior, registrando 392 óbitos e em torno de 15 mil desabrigados e desalojados. Em seguida, o grupo seguiu para o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis, onde se encontrou com o assessor Raimundo Lopes e o coordenador do Parque, Paulo Sergio Bandeira. Após uma pequena caminhada, o grupo conheceu alguns locais e projetos de divulgação e expansão das áreas ecológicas e ainda pôde ver o assesso à Trilha da Tartaruga, local mais procurado pelos visitantes.

Durante o almoço, o Secretário de Turismo, Flávio Gueiros, se juntou ao grupo, onde o tema principal foi a valoração econômica dos danos causados por eventos externos, como catástrofes naturais. Durante o encontro, foi apresentado aos alemães o “Projeto Semeando”, cuja meta é captar recursos do turismo rural, atavés de circuitos, caminhos, rotas, entre outras formas de roteiros turísticos. Primando pela conservação e resgate da cultura local. No final da tarde, a comitiva se dirigiu ao Parque Nacional da Serra dos Órgãos, finalizando a visitação ao município.

Para o Secretário de Turismo, Flávio Gueiros, “a visita foi muito proveitosa, pois coloca a cidade no roteiro da Rio+20”, avaliou Flávio Gueiros.

Durante encontro foi discutido temas como biodiversidade, preservação ambiental, áreas de proteção e captação de recursos através de práticas de sustentabilidade

Prefeito Arlei recebeu comitiva de parlamentares alemães que estiveram em Teresópolis nesta terça-feira, 19

Acompanhados do Subsecretário de Meio Ambiente e Defesa Civil, Major André de Melo, comitiva alemã visitou dependências do Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis

Durante visita ao Parque Montanhas de Teresópolis, grupo pôde conhecer áreas de preservação econlógicas do município

 Na entrada da Trilha da Tartaruga, Secretário de Administração, Carlos Tucunduva, e Subsecretário de Meio Ambiente e Defesa Civil, Major André de Melo, conversam com integrante da comitiva sobre biodiversidade do Parque


FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *