Vacina contra HPV permanece disponível para meninas de 9 a 11 anos

Imunobiológico pode ser encontrado nas clínicas da família e centros municipais de saúde

Meninas de 9 a 11 anos que ainda não foram imunizadas contra o vírus HPV podem comparecer à unidade de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde) mais próxima de sua residência para tomar a vacina, que protege contra o câncer do colo de útero. No município do Rio, cerca de 50 mil meninas na faixa etária já se protegeram contra o vírus desde o dia 2 de março, quando iniciou a vacinação.

O imunizante contra o HPV permanece disponível durante todo o ano nas unidades de Atenção Primária da cidade, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O total de doses aplicadas até agora corresponde a uma cobertura de 37,3% da população alvo. A meta estabelecida pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é vacinar, este ano, 106 mil meninas na faixa etária indicada.

A vacina previne contra quatro tipos de HPV (6, 11, 16 e 18). Dois deles (16 e 18) respondem por 70% dos casos de câncer de colo de útero. O imunobiológico para prevenção da doença é seguro e tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não tiveram nenhum contato com o vírus. Cada menina deve tomar ao todo três doses da vacina, sendo a segunda seis meses depois da primeira e a terceira, de reforço, cinco anos após.

Além das meninas de 9 a 11 anos, devem ainda ser vacinadas adolescentes e mulheres HIV positivas, de 14 a 26 anos de idade, mediante apresentação de declaração feita por seu médico. As meninas de 12 a 13 anos de idade que não foram vacinadas em 2014 também podem procurar as unidades de saúde para receber a primeira ou a segunda dose do imunizante, conforme caderneta ou comprovante de vacinação.

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *