Vigilância Sanitária interdita Extra de Campo Grande

Presença de ratos e de fezes de gato está entre os principais motivos

Ainda está sem previsão a reabertura do supermercado Extra da Av.Cesário de Melo, em Campo Grande. Na tarde de ontem, técnicos da Vigilância Sanitária do Rio realizaram uma inspeção que apontou falta de higiene e problemas na conservação de alimentos.

Foram encontradas fezes de gatos no depósito junto com alimentos, vestígio de ratos no salão de atendimento ao público, alimentos à base de frango em condições inadequadas de refrigeração, além de problemas mecânicos e de higiene na câmara e nos balcões frigoríficos, bem como exposição inadequada de bebidas e refrigerantes.  

A ação dos técnicos foi motivada por denúncias feitas à central de atendimento 1746. Já é a nona vez que os profissionais vão ao local para atender às demandas. Nas visitas anteriores, foram aplicados autos de infração, onde houve orientações para deixar o local em condições higiênico-sanitárias adequadas; como não houve o cumprimento do exigido, foram aplicadas multas nas visitas posteriores; por persistir em manter os problemas, o local sofreu a interdição total, sem previsão de reabertura.

O trabalho de orientação antes da aplicação de multas aponta uma mudança de postura da Vigilância Sanitária do Rio de Janeiro, que passa a educar comerciantes e todo o público-alvo de inspeções, antes de aplicar as sanções.

A Vigilância Sanitária orienta os consumidores a ficarem atentos às irregularidades que podem ser encontradas em qualquer estabelecimento e denunciá-las ao órgão pela Central 1746.

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *