Vigilância Sanitária Interdita Supermercado Assai de Bangu e Inutiliza 91 Kg de Alimentos no Supermercado Extra de Botafogo

A Vigilância Sanitária Municipal interditou nesta quinta-feira, dia 22, o supermercado Assaí da Rua Francisco Real, 2.050, em Bangu, e inutilizou 91 quilos de alimentos impróprios para consumo no supermercado Extra da Rua Barão de Itambi, 50, em Botafogo. Os fiscais inspecionaram o supermercado Extra depois de receberem denúncias pela Central 1746. Os agentes voltaram ao Assaí para verificar o cumprimento de termos de intimação.

O supermercado Assaí foi totalmente interditado devido à infestação de ratos e baratas em toda a loja, comercialização de alimentos impróprios para consumo e descumprimento de um segundo termo de intimação para realização de adequações estruturais. Os fiscais inutilizaram 19,640 quilos de hambúrguer de frango fora de refrigeração, com características alteradas, e frios fatiados sem rotulagem adequada.

O Assaí recebeu quatro autos de infração, devido à comercialização de produtos impróprios; descumprimento de termo de intimação; presença de insetos e roedores; e falta de higiene no estabelecimento. A loja só poderá ser reaberta após realizar desinsetização e desratização por empresa especializada, higienização completa, e toda a reforma estrutural determinada pelos técnicos da Vigilância Sanitária.

No supermercado Extra, houve a interdição parcial da refrigeração do setor de confeitaria, e 41 quilos de doces e tortas fora da temperatura adequada foram inutilizados. No setor de peixaria, 50 quilos de pescados inteiros e filetados foram inutilizados, pois apresentavam características sensórias alteradas, como olhos opacos e ventre inchado, além de falta de higiene na exposição.

O supermercado recebeu três autos de infração, por comercialização de produtos impróprios para consumo, falta de refrigeração na confeitaria e falta de higiene na peixaria.

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil recomenda que os consumidores fiquem atentos a irregularidades encontradas em qualquer estabelecimento e denuncie à Vigilância Sanitária pelo telefone 1746.

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *