Vigilância Sanitária vai inspecionar comida servida em presídios

Técnicos vão avaliar as condições sanitárias das cozinhas que fazem a alimentação dos presos

Nesta sexta, dia 4, a Vigilância Sanitária vai visitar todas as cozinhas industriais que fornecem refeições às unidades prisionais localizadas no município do Rio de Janeiro. Técnicos das áreas de alimentos, saúde do trabalhador e engenharia irão a sete cozinhas, que estão localizadas em Cosmos, Campo Grande, Caju, Marechal Hermes, Penha, Rio Comprido e Padre Miguel.

Os profissionais da área de alimentos irão verificar as condições do ambiente, a manipulação de alimentos, bem como a conservação, o armazenamento, a rotulagem, as condições e as características sensoriais (aparência e odor) com as quais estão sendo preparados, a fim de avaliar se há riscos de contaminação dos presos e funcionários das unidades por doenças transmitidas por alimentos. Caso haja a possibilidade de contaminação serão tomadas medidas como orientações, aplicação de multas, inutilização dos alimentos e até interdição de toda a cozinha.

As equipes de saúde do trabalhador vão verificar as condições de trabalho oferecidas aos funcionários dos locais. Já os técnicos da área de engenharia irão verificar a potabilidade da água de consumo e o detinação dos resíduos. As visitas estão previstas para terminar ainda nesta sexta, no fim do dia.

Durante as inspeções, os funcionários das empresas serão convocados para participarem do curso de “Noções básicas de higiene na manipulação de alimentos”, que será realizado no dia 17 de agosto, no auditório da Vigilância Sanitária. Nesse curso serão apresentadas as normas para a higiene  e controle de alimentos e como ocorrem as contaminações microbianas, além de outras consequências da manipulação incorreta.

Haverá dicas de cuidados com os alimentos, de acordo com sua origem (carnes, frios e embutidos, pescados, aves e ovos, produtos lácteos, etc), e de conservação e armazenamento. O ambiente de trabalho também é alvo do curso, que ensina regras de asseio, higiene pessoal, lavagem, desinfecção e de controle de insetos e roedores. Na oportunidade, a legislação com normas higiênico–sanitárias será apresentada e discutida com os participantes.

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *