IV Congreso Nacional e Internacional de Tecnología Médica en Radiología-UNMSM’2014

10153271_665482780166998_6668550330097162639_n

Publicado em Blog | Deixar um comentário

5ª Jornada Radiologia Sem Fronteiras – Teresópolis-RJ

10299363_727863673900883_452983891_n

Publicado em Blog | Deixar um comentário

Hemorio está com estoque baixo para o feriadão

O Hemorio, órgão da Secretaria de Estado de Saúde e Fundação Saúde, está fazendo um apelo para que a população compareça ao Instituto para doar sangue, pois em todos os dias do feriadão, vai funcionar normalmente, das 7 às 18 horas.

O Hemorio recebe normalmente 300 doadores por dia para doar sangue. Há uma semana o movimento caiu cerca de 40%, o que pode comprometer o abastecimento em quase 200 hospitais que o hemocentro abastece.

Segundo Esther Lopes, Chefe do Serviço de Hemoterapia do Hemorio, a situação é preocupante, já que na próxima semana também existirão dois feriados e o Instituto precisa estar abastecido para suprir as demandas dos hospitais de emergência.

- Em feriados prolongados, as emergências dos hospitais precisam estar com seus estoques de sangue regulares para possíveis emergências. E hoje, o estoque estratégico está abaixo do limite, devido às necessidades do feriado da Páscoa. Precisamos da ajuda de toda a população para que nosso estoque seja regularizado para o próximo feriadão, pois existe o risco da falta de sangue neste período – alertou a médica.

O Hemorio está precisando de todos os tipos sanguíneos, principalmente os do tipo O. Para ser um doador, é necessário ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos, trazer um documento oficial de identidade com foto (original) e estar em boas condições de saúde.
O Hemorio fica na Rua Frei Caneca, 08 – Centro e funciona todos os dias das 7 às 18 horas, incluindo sábados, domingos e feriados.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Publicado em Blog | Deixar um comentário

Hospital da Mãe de Mesquita registra recorde de 36 nascimentos em 24 horas

No total foram feitos 31 partos normais. Todas as mães e bebês passam bem

A equipe de multiprofissionais do Hospital da Mãe de Mesquita comemora um recorde de nascimentos na unidade. Nesta terça-feira, dia 15 de abril, foram realizados 36 partos, sendo apenas cinco cesarianas e nenhuma intercorrência registrada. Estes dados refletem a importância que o hospital tem para a população da Baixada Fluminense, não só pelo quantitativo de atendimentos, que ultrapassa a marca de 8.400 partos realizados, mas pela consolidação da cultura da assistência humanizada, onde as gestantes contam com toda a estrutura necessária para realizar um pré-natal saudável, com acompanhamento de médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas e são incentivadas a realizar o parto normal, dispondo de recursos não farmacológicos para alívio da dor, entre eles, massagem, exercícios de fisioterapia, respiração e caminhada. Desde a sua inauguração, em junho de 2012, a unidade é a principal referência para atendimento de gestantes e bebês de baixo risco nesta região.

- O Hospital da Mãe, através da dedicação e compromisso da sua equipe e gestão adotada, está modificando a forma de nascer na Baixada Fluminense. Registrar 36 nascimentos, com apenas 13,8% de cesarianas, mais da metade das pacientes utilizando métodos não farmacológicos para o alívio da dor e nenhum desfecho negativo para mães e bebês, reflete não só a qualidade da assistência prestada às nossas parturientes, mas uma mudança dos paradigmas acerca da assistência ao parto – comemora o coordenador de obstetrícia da unidade, Philippe Godefroy.

Uma das mães que deu à luz nesta terça-feira foi a dona de casa Mara Fabiano, de 23 anos. Davi Lucas nasceu às 12h14 e vem sendo amamentado desde a primeira hora de vida.

- Quando tive minha primeira filha há quatro anos fiz cesárea. Desta vez, tive a oportunidade de fazer parto normal, com a ajuda da equipe do hospital me orientando nos exercícios que diminuíram a dor. Percebo a vantagem na minha recuperação, por ser mais rápida. Assim, pude ficar perto e cuidar do meu bebê desde as primeiras horas do seu nascimento – afirma Mara.

Gestão - Desde abril de 2012, a Secretaria de Estado de Saúde vem reorientando o modelo de gestão e atenção à saúde no Estado do Rio de Janeiro no intuito de melhorar a prestação dos serviços e a satisfação do usuário. A implementação dessa nova forma de administração tem como objetivos reduzir custo, melhorar a gestão e garantir um atendimento de qualidade à população. O Hospital Estadual da Mãe de Mesquita passou a ser gerenciado pela Organização Social de Saúde Hospital Maternidade Therezinha de Jesus (OSS HMTJ), fornecendo todos os recursos humanos e materiais necessários ao adequado funcionamento do hospital, dentro dos parâmetros e diretrizes estabelecidos pela Secretaria.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Publicado em Blog | Deixar um comentário

Secretaria de Estado de Saúde seleciona profissionais para capacitação em pré-natal

Seleção será feita em parceria com Laboratório de Telessaúde da Uerj a partir de análise de currículos e títulos

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), em parceria com o Laboratório de Telessaúde da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), vai selecionar tutores e supervisores de tutores para a capacitação de médicos e enfermeiros em atenção em assistência pré-natal. As inscrições poderão ser feitas entre 17 e 30 de abril.

A seleção será feita através de análise de currículo e títulos dos candidatos. Os interessados devem enviar a documentação exigida para o Laboratório de Telessaúde da Uerj (Avenida Vinte e Oito de Setembro 77, térreo, sala 126, Vila Isabel).

Estão sendo oferecidas 20 vagas de tutores e 10 de supervisores, distribuídas entre as regiões Metropolitana I (Belford Roxo, Duque de Caxias, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Queimados, São João de Meriti e Seropédica) e Metropolitana II (Itaboraí, Maricá, São Gonçalo, Tanguá, Rio Bonito e Silva Jardim). Os selecionados receberão bolsa mensal de pesquisa, sem vínculo empregatício, no valor de R$ 2.100 por cada turma de capacitação concluída (três meses), pelo período máximo de seis meses (duas turmas).

A capacitação tem como objetivo qualificar médicos e enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família e do Programa de Agentes Comunitários de Saúde na assistência ao pré-natal de risco habitual, contribuindo para o fortalecimento da implantação da Rede Cegonha. Os selecionados deverão ter disponibilidade de 20 horas semanais (10 horas para as atividades à distância e 10 horas para as presenciais) para o acompanhamento das turmas.

O edital completo está disponível aqui

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Publicado em Blog | Deixar um comentário

Musculoesquelético, sexto título da Série CBR, será lançado na JPR’2014

Lançamento do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem e sexto título da Série CBR, livro de autores nacionais aborda métodos de imagem para diagnóstico de doenças de todas as estruturas do sistema musculoesquelético

unnamedVárias pesquisas em todo o mundo têm apontado o aumento da incidência de lesões musculoesqueléticas (de músculos, articulações, tendões, ligamentos, nervos e ossos) entre a população que pratica exercícios físicos de forma excessiva ou em decorrência de determinada atividade profissional. A demanda por radiologistas especializados na área, além de ortopedistas e reumatologistas conhecedores dos mais modernos métodos para diagnóstico e tratamento dessas patologias é, portanto, crescente.

Ciente dessa realidade, o Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem lança Musculoesquelético (Editora Elseviercom sessão de autógrafos durante a Jornada Paulista de Radiologia, a JPR 2014. O evento será no dia no 3 de maio, sábado, das 15h10 às 15h50 no Hall D, em frente ao estande da Sociedade Paulista de Radiologia, no Transamérica Expo Center.

A obra de autores nacionais que aborda os métodos de imagem para diagnóstico das doenças de todas as estruturas do sistema musculoesquelético é o sexto livro da Série CBR, que já vendeu mais de 8.000 exemplares no país. Dois títulos anteriores (Coluna Vertebral e Encéfalo) são vencedores doPrêmio Jabuti na área de Ciências da Saúde, a mais importante premiação do mercado editorial brasileiro.

Musculoesquelético conta com colaboradores com vasta experiência na área e oriundos de respeitadas instituições  brasileiras, e tem como editores Dr. Luiz Guilherme de Carvalho Hartmann, Médico Radiologista do Departamento de Diagnóstico por Imagem do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, e Membro Titular do Colégio Brasileiro de Radiologia; e Dr. Marcelo Bordalo Rodrigues,Chefe do Setor de Musculoesquelético do Instituto de Radiologia (InRad) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC/FMUSP).

RESSONÂNCIA MAGNÉTICA E NOVAS TÉCNICAS DIAGNÓSTICAS 
De forma didática, com capítulos divididos em tópicos, e repleto de imagens de alta qualidade que possibilitam a melhor apreensão do conteúdo, a publicação tem por objetivo orientar o profissional a solicitar os exames de imagem mais adequados aos casos clínicos do dia a dia. Aborda os métodos radiológicos desde o raio x simples, passando pela ultrassonografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética e métodos funcionais. É dado destaque em aspectos de imagem pela ressonância magnética das afecções musculoesqueléticas, correlacionando-a com os demais métodos diagnósticos.

Entre as técnicas mais modernas apresentadas no livro estão o diagnóstico com difusão em nervos, que aumenta a capacidade de exames de imagem identificarem alterações dos nervos periféricos; e a tomografia de dupla energia do sistema musculoesquelético, que permite reduzir a radiação a que o paciente fica exposto e tem várias aplicações em patologias reumatológicas e ortopédicas.

Pela sua relevância clínica, abrangência e atualização, a obra já nasce como referência, uma fonte de consulta permanente para radiologistas gerais,  especialistas em Radiologia Musculoesquelética, ortopedistas, reumatologistas e fisiatras, assim como bibliografia para provas de título na área.

Lançamento e Sessão de autógrafos na JPR 204
Local:  Transamérica Expo Center – Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues 387, Santo Amaro, São Paulo-SP – Hall D, em frente ao estande da Sociedade Paulista de Radiologia
Dia/hora: sábado, 3 de maio, das 15h10 às 15h50

MUSCULOESQUELÉTICO – Série CBR
Série do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Editora: Elsevier
Páginas: 1.056            Formato: 21x28cm      Preço: R$ 599,00

AUTORES
Dr. Luiz Guilherme de Carvalho Hartmann é Médico Radiologista do Departamento de Imagem do Hospital Albert Einstein (São Paulo-SP) e Membro Titular do Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR).
Dr. Marcelo Bordalo Rodrigues
 é Chefe do Setor de Musculoesquelético do Instituto de Radiologia (InRad) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HC/FMUSP), Diretor do Serviço de Radiologia do Instituto de Ortopedia e Traumatologia (IOT) do HC /FMUSP e Médico Radiologista do Hospital Sírio Libanês.

SÉRIE CBR
A “Série CBR”, do Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, é dedicada ao radiologista brasileiro e escrita pelos maiores nomes da Radiologia nacional. Organizada pelos editores C. Isabela S. Silva, Giuseppe D´Ippolito e Antônio José da Rocha, foi projetada para ser composta por mais de uma dezena de títulos. O objetivo é que os livros sejam utilizados como guias, ferramentas de referência e aprimoramento por radiologistas, urologistas, nefrologistas, neurologistas, ortopedistas etc.  Com a chancela do CBR, a série é editada pela Elsevier, líder mundial em publicações de Saúde, Ciência e Tecnologia, que responde por 25% de todo o conteúdo científico publicado no mundo e atende a uma comunidade de mais de 30 milhões de cientistas, estudantes e profissionais de informação e saúde. A editora publica ainda mais de 2.000 periódicos e cerca de 20.000 livros e enciclopédias de selos como Mosby, Saunders e Churchill Livingstone.

Publicado em Blog | Deixar um comentário

Secretário de Saúde verifica de perto serviço de transporte oferecido a pacientes do sistema TFD

O Secretário Municipal de Saúde, Luis Fernando Azevedo, conferiu de perto nesta quarta-feira  (16), às 5h30m da manhã, o trabalho da empresa responsável pelo transporte de pacientes que realizam o Tratamento Fora do Domicílio – TFD. Esses pacientes embarcam na Avenida Alberto Braune – ao lado da prefeitura (em frente à antiga rodoviária) – e são levados para outras cidades, como Rio e Niterói. Em sua maioria são pacientes em tratamento de oncologia, ortopedia e oftalmologia, entre outros.

Após algumas reclamações sobre a empresa que realiza o serviço de transporte, o secretário resolveu aferir de perto a qualidade do serviço oferecido a estes pacientes, a fim de garantir a eficácia e a qualidade do translado.

Em reunião na sexta-feira passada (11) com representantes da empresa, Luis Fernando já tinha exigido pontualidade nos horários de saída, melhor atendimento aos passageiros, compromisso do translado até a residência do paciente, caso este paciente chegue após as 22h, entre outras melhorias.

Nesta quarta-feira, Luis Fernando recebeu elogios dos pacientes que estavam embarcando, com alguns deles destacando algumas melhorias que já foram notadas, como veículos de melhor qualidade, segurança e maior conforto.

O Tratamento Fora de Domicílio – TFD – instituído pela Portaria nº 55 da Secretaria de Assistência à Saúde (Ministério da Saúde), é um instrumento legal que visa a garantir, através do SUS, tratamento médico a pacientes portadores de doenças não tratáveis no município de origem por falta de condições técnicas.

Assim, o TFD consiste em uma ajuda de custo ao paciente, e, em alguns casos, também ao acompanhante, encaminhados por ordem médica à unidades de saúde de outro município ou Estado da Federação, quando esgotados todos os meios de tratamento na localidade de residência do mesmo, desde que haja possibilidade de cura total ou parcial, limitado no período estritamente necessário a este tratamento e aos recursos orçamentários existentes. Destina-se a pacientes que necessitem de assistência médico-hospitalar cujo procedimento seja considerado de alta e média complexidade eletiva.

FONTE: Prefeitura de Nova Friburgo
http://www.novafriburgo.rj.gov.br

Publicado em Blog | Deixar um comentário