Núcleo de Inovação Tecnológica da Fiocruz completa 30 anos

Sistema Fiocruz de Gestão Tecnológica e Inovação completa 10 anos

O debate sobre os desafios da gestão da propriedade intelectual, da transferência de tecnologia e da inovação na era do conhecimento e uma apresentação dos principais marcos da atuação da Fiocruz através de seus Núcleos de Inovação Tecnológica são as duas principais atrações programadas para o dia 28 de setembro, a partir das 9 da manhã, no Museu da Vida, campus Fiocruz Manguinhos.

A mesa redonda: ‘Desafios da Gestão da Propriedade Intelectual e da Inovação em uma Instituição Pública de Pesquisa’ será coordenada pelo presidente da Fiocruz, Paulo Ernani Gadelha e contará com as palestrantes internacionais Isabelle Buckle, vice-presidente executiva de transferência de tecnologia e parcerias industriais do Instituto Pasteur e Beatriz Amorim, diretora do escritório regional para América Latina e Caribe da Organização Mundial da Propriedade Intelectual, e da palestrante Elisabeth Ritter, diretora do escritório de Transferência de Tecnologia da PUC/RS.

O público poderá participar do debate, através de perguntas e considerações. O objetivo é discutir os desafios da transformação de resultados de pesquisa em produtos e serviços para o setor saúde, no contexto da atuação das instituições públicas de pesquisa e desenvolvimento para o fortalecimento do Sistema Nacional de Inovação em Saúde.

Na parte da tarde, será apresentada a Linha do Tempo dos 30 anos de atuação, com os principais marcos e homenagens tanto para os gestores quanto os inventores, pesquisadores ou personagens que vem fazendo a história da tecnologia gerada pela Fiocruz.

Uma exposição com as patentes depositadas e concedidas no Brasil e no exterior; o lançamento de um Guia com ações preventivas em gestão tecnológica e da inovação; uma vitrine com os produtos e protótipos gerados na Fiocruz e informações detalhadas sobre a atuação dos 20 NITs do Sistema Fiocruz de Gestão Tecnológica e Inovação completam a atividade comemorativa.

As inscrições são gratuitas, no site www.fiocruz.br/vppis/gestec, sujeito a lotação do auditório.

Programação: 30 anos Gestec e 10 anos Sistema Gestec-NIT
Local: Museu da Vida – Fiocruz, Av. Brasil, nº 4.365, Manguinhos, Rio de Janeiro, RJ.
Horário: das 9:00 às 17:00

9:00 às 12:30 min: Mesa redonda: Desafios da Gestão da Propriedade Intelectual e da Inovação em uma Instituição Pública de Pesquisa
unnamed (3)Coordenador: Paulo Gadelha, presidente da Fundação Oswaldo Cruz

Palestra 1: Contexto internacional da propriedade intelectual e os impactos para o setor de inovação em saúde

unnamed (4)Beatriz Amorim, Diretora do Escritório Regional para América Latina e Caribe da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI)

Palestra 2: Experiência do Instituto Pasteur na transformação de resultados de pesquisa em produtos e serviços para a sociedade
unnamed (5)Isabelle Buckle, Vice-Presidente Executiva de Transferência de Tecnologia e Parcerias Industriais no Instituto Pasteur

Palestra 3: Contexto nacional da propriedade intelectual e os impactos para as ICTs
unnamed (6)Marli Elizabeth Ritter dos Santos, diretora do escritório de Transferência de Tecnologia da PUC/RS.

14:30 – 17:00 – Destaques dos 30 anos da Gestec e dos 10 anos do Sistema Gestec-NIT
– Apresentação da linha do tempo
– Homenagens aos parceiros e aos geradores de conhecimento na Fiocruz
– Lançamento do Guia de Ações Preventivas em Propriedade Intelectual, Transferência de Tecnologia e Informação Tecnológica para geradores de conhecimento (Versão impressa)
– Exposição com as patentes depositadas e concedidas no Brasil e no exterior
– Vitrine com os produtos e protótipos gerados na Fiocruz
– Informações detalhadas sobre a atuação dos 20 NITs do Sistema Fiocruz de Gestão Tecnológica

unnamed (7)Anfitriã: Maria Celeste Emerick, Coordenadora de Gestão Tecnológica da Fiocruz

 

Apoio:

 logobitmaplogo_faperj_cor

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

Campanha incentiva prática de esportes para combater o hábito de fumar

Material de conscientização foi apresentado pelo Ministério da Saúde e INCA nesta segunda-feira, Dia Nacional de Combate ao Fumo (29). Estudo aponta queda na mortalidade por câncer de pulmão entre homens no Brasil

Neste momento de grande visibilidade do esporte no Brasil, com as Olimpíadas e as Paralimpíadas, o Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) lançaram, nesta segunda-feira (29), no Rio de Janeiro, a campanha “#MostreAtitude: sem o cigarro, sua vida ganha mais saúde”. O lançamento, que marca o Dia Nacional de Combate ao Fumo (29 de agosto), teve formato de talk show com a participação de atletas e especialistas da área de saúde. O evento aconteceu no espaço Casa Brasil, região portuária recém-renovada na capital carioca. Na ocasião, houve apresentação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais.

No evento, o INCA divulgou, também, o estudo inédito que aponta diminuição da mortalidade por câncer de pulmão entre os homens. A análise foi feita pela epidemiologista do INCA, Mirian Carvalho de Souza, com base em dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM) e das populações estimadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com o levantamento, após décadas de elevação, a taxa padronizada (que elimina os efeitos do envelhecimento populacional) de mortalidade por câncer de pulmão entre homens caiu de 18,5 por 100 mil em 2005 para 16,3 por 100 mil em 2014. Em relação à prevalência, o Brasil é reconhecido mundialmente pela significativa redução de fumantes no total da população de 18 anos ou mais, de 34,6%, em 1989, para 14,7%, em 2013.

“Os resultados obtidos pela pesquisa mostram que as ações para o combate ao uso do tabaco estão tendo resultado com os homens. Mas isso também levanta um alerta de que as mulheres estão consumindo e ainda não entraram nesta curva de decaimento. O câncer de pulmão é extremamente letal e é importante observar que apenas cerca de 33% das pessoas com câncer estarão vivas após o primeiro ano de diagnóstico, mesmo com o tratamento adequado. Este número cai para 8% em cinco anos. O investimento para este tipo de situação é a prevenção. E a prevenção vem da redução do uso do tabaco”, explica o diretor-geral do INCA, Luis Fernando Bouzas.

Sabe-se que cerca de 90% dos homens com câncer de pulmão fumaram em algum momento da vida e que o tempo que um fumante demora para desenvolver um câncer de pulmão é de, pelo menos, 20 anos. A redução na prevalência de fumantes na população masculina brasileira, desde o final da década de 80, reflete a atual queda da mortalidade por câncer de pulmão entre os homens. A tendência é que a redução continue nos próximos anos.

Entre as mulheres, a mortalidade por câncer de pulmão ainda não diminuiu. A taxa padronizada era de 7,7 em 2005 e aumentou para 8,8 em 2014. Nota-se que as taxas são inferiores às dos homens, mas a curva de mortalidade entre as mulheres ainda é ascendente, enquanto a curva dos homens é descendente.

“No Brasil, as mulheres começaram a fumar depois dos homens, com a popularização de marcas de cigarros para o público feminino nas décadas de 70 e 80. A taxa de mortalidade entre as mulheres continua subindo, mas nossa previsão é que, futuramente, começará a cair, se mantivermos a tendência de queda no uso do tabaco no país” analisa a médica, epidemiologista e gerente da Divisão de Pesquisa Populacional do INCA, Liz Almeida.

De acordo com a gerente, esta tendência já foi verificada nos países desenvolvidos, onde as taxas de mortalidade entre os homens começaram a declinar em meados da década de 80 e entre as mulheres só em 2010. “De qualquer forma, a redução da mortalidade entre os homens no Brasil é uma excelente notícia e demonstra de que estamos no caminho certo”, complementa Liz Almeida.

Para os especialistas do INCA, o maior desafio do programa de tabagismo brasileiro é prevenir a iniciação de jovens ao tabaco. Este grupo etário é o alvo principal da indústria do tabaco, que oferece produtos customizados (cigarros mentolados e com outros sabores, narguilé, entre outros) e posiciona os maços em embalagens chamativas ao lado de balas e chocolates nos pontos de venda. O objetivo dos fabricantes, expresso em memorandos internos tornados públicos, é fidelizar os consumidores jovens, porque eles vão fumar durante décadas.

NOVA CAMPANHA – Desta forma, a campanha “#MostreAtitude: sem o cigarro, sua vida ganha mais saúde” tem como objetivo apontar para o jovem brasileiro um estilo de vida saudável focado na prática esportiva, que é incompatível com o consumo de cigarros. A prática esportiva é uma forma de sociabilidade importante e pode substituir o cigarro como ferramenta de identificação e aceitação do jovem pelo grupo de amigos.

A atividade física regular também é associada com benefícios psicológicos, ao aumentar a capacidade de crianças, adolescentes e jovens de controlar sintomas de ansiedade e depressão. Do mesmo modo, contribui com o desenvolvimento ao criar oportunidades para que eles se expressem e sejam mais autoconfiantes.

A campanha do Dia Nacional de Combate ao Fumo conta com cartaz e folheto, distribuídos nacionalmente pelas secretarias de saúde dos estados e disponíveis para download no hotsite www.inca.gov.br/wcm/dncf/2016, onde estão informações detalhadas sobre o tema. A campanha foi amplamente divulgada pelas mídias sociais do Ministério da Saúde.

ASSISTÊNCIA – Com o intuito de reduzir o número de pessoas com câncer, entre outras doenças crônicas não transmissíveis, o Ministério da Saúde vem investindo fortemente no controle do tabagismo, tendo atualizado em 2013 as diretrizes de cuidado à pessoa tabagista e ampliado o acesso ao tratamento. Além disso, foram criados Centros de Referência em Abordagem e Tratamento dos Fumantes nas unidades de saúde de maior densidade tecnológica e nos hospitais capacitados segundo o modelo do Programa Nacional de Controle do Tabagismo (PNCT).

São ofertados gratuitamente medicamentos como adesivos, pastilhas, gomas de mascar (terapia de reposição de nicotina) e bupropiona. O Ministério da Saúde destinou R$ 42,9 milhões para compra dos produtos em 2015. Foram distribuídos 7,9 milhões de adesivos de nicotina 7mg, 8,9 milhões de adesivos de nicotina 14mg, 11,04 milhões de adesivos de nicotina 21mg, 1,6 milhão de gomas de nicotina 2mg e 33,05 milhões de unidades de cloridrato bupropiona 150mg.

A priorização do atendimento de quem deseja parar de fumar nas Unidades Básicas de Saúde pode ser mensurada pela Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo Ministério da Saúde em parceria com o IBGE. De acordo com a PNS, em 2013, 73,1% das pessoas que tentaram parar de fumar conseguiram tratamento, um aumento importante em relação a 2008, que era de 58,8%.

FONTE: Ministério da Saúde
http://www.saude.gov.br

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

‘Esporte&Saúde em Ação’: evento de promoção da saúde ofereceu vários serviços no Ginásio Pedrão

Medição de glicemia

Medição de glicemia

Com foco na promoção da saúde e com orientações para melhoria da qualidade de vida, o evento ‘Esporte&Saúde em Ação – Vamos dar os passos para uma vida melhor’ movimentou o pátio do Ginásio Pedro Jahara – o Pedrão nesta segunda-feira, dia 29.

Resultado de parceria entre o Unifeso (Centro Universitário Serra dos Órgãos) e as secretarias municipais de Esportes e Lazer e de Saúde, a ação teve como principal alvo o pessoal da melhor idade, atendido pelas escolinhas de ginástica e alongamento.

“Temos hoje perto de 300 idosos nas nossas escolinhas, uma com 92 anos de idade. Ações como esta são importantes para que eles monitorem a saúde. É muito legal vê-los participando”, assinalou o secretário de Esportes, Luiz Otávio Oliveira.

Aferição de pressão arterial, medição de glicemia, avaliação de risco de diabetes, prova de função pulmonar, orientação sobre câncer de mama, exercícios para incontinência urinária e massagem holística foram alguns dos serviços oferecidos ao público. O atendimento foi garantido pelos estudantes dos cursos de Enfermagem e de Fisioterapia do Unifeso e pela massoterapeuta holística Katarine LaArte.

“Fizemos uma ação na última sexta-feira, 26, no bairro de São Pedro, e agora esta. Saúde e esporte têm tudo a ver. Queremos fazer eventos como esse em outros bairros”, disse o secretário de Saúde, Julio Cesar Ambrosio.

Aluna da ginástica para a melhor idade, a aposentada Maria Vera Esteves de Almeida marcou presença na ação. “Verifiquei a pressão arterial, o açúcar no sangue e está tudo bem. Muito bom esse serviço”, opinou. Maria da Glória da Ponte Souza, da escolinha de alongamento, também participou. “Vi tudo: pressão, glicose, peso. Fazer exercícios é muito bom para a saúde, a gente sai com outra disposição”, comentou.

Professora do curso de Enfermagem do Unifeso, Geise Gonçalves constatou que os exames dos idosos que participam das escolinhas tiveram bom resultado. “De uns cem pacientes que atendemos, vimos uma taxa de glicemia adequada, a pressão normalizada, e são pacientes que frequentam regularmente os serviços de esporte que o município oferece. Fica o recado para a população: é melhorar a qualidade de vida através da prática esportiva”, aconselhou.

O professor Marcelo ‘Gancho’, da Secretaria de Esportes, ressaltou que frequentar as escolinhas só traz benefícios. “Nossos alunos fazem os exames e os resultados são bons. Isso comprova que as atividades físicas promovidas têm surtido efeito na saúde dos nossos alunos”, avaliou.

FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis
http://www.teresopolis.rj.gov.br

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

UNIFESO realiza congresso com o tema “Ciência Alimentando o Desenvolvimento Sustentável”

unnamedO Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) promove entre os dias 18 e 20 de outubro o I Congresso Acadêmico Científico (CONFESO), com o tema “Ciência Alimentando o Desenvolvimento Sustentável”. O evento vai contar com apresentação de atividades científicas oriundas dos cursos de graduação e pós-graduação por meio de mesas-redondas, palestras, conferências, apresentação de trabalhos, minicursos, oficinas/workshops, feira de ciência e jornadas acadêmicas, entre outros eventos.

O objetivo do I CONFESO é garantir um espaço de integração e troca de conhecimentos e saberes para o desenvolvimento e qualificação da produção acadêmica institucionalizada de forma a contribuir para o progresso da região de modo sustentável. De acordo com a professora Edenise da Silva Antas, diretora de Pós-Graduação Pesquisa e Extensão do UNIFESO, o evento “é também uma oportunidade de estreitar laços com a comunidade externa, considerando a produção do conhecimento científico, a inovação e o conhecimento tecnológico como pilares para o desenvolvimento socioeconômico sustentável. Este é também um espaço de troca de conhecimento com outras instituições da sociedade, na perspectiva de buscarmos condições de melhoria e qualidade de vida para nossa população”.

O I CONFESO é um desdobramento da Jornada de Pesquisa e Iniciação Científica (JOPIC), que após cinco edições passa fazer parte do congresso, um evento com maior abrangência pela quantidade de atividades e com um dia a mais de programação, novidade que faz parte da programação comemorativa dos 50 anos da FESO e dos 10 anos do UNIFESO.

“Os conceitos Ensino, Pesquisa e Extensão são indissociáveis, e nesse escopo o CONFESO vem atender à política e aos planos da Instituição. A expectativa é ampliar ainda mais esse desdobramento dos planos de incentivo à iniciação científica e outros planos de incentivo à produção acadêmica, contando com a participação dos estudantes de forma consistente e potente durante o congresso”, enfatizou a professora Eveline Andrade Guedes, coordenadora de Extensão. “O I CONFESO quer marcar a comemoração dos 50 anos da FESO e vai registrar a mudança cultural da Instituição em relação à pesquisa. Esse movimento é um aspecto muito importante”, completou o professor Renato Santos de Almeida, coordenador de Pesquisa.

Entre palestrantes e avaliadores a Comissão Organizadora do I CONFESO está viabilizando a participação de professores convidados de outras instituições nacionais e internacionais.

Programação em todas as unidades
A programação para todas os campi do Centro Universitário conta ainda com apresentações artístico-culturais de estudantes, professores, funcionários técnicos-administrativos e comunidade externa matriculados nos cursos livres de música, arte e cultura, oferecidos pelo Centro Cultural FESO Pro Arte. Além das atividades que ocorrem no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza (Alto) e no Campus Quinta do Paraíso (Prata), haverá eventos também no Campus FESO Pro Arte (Alto), no Hospital das Clínicas de Teresópolis Costantino Ottaviano (Vale do Paraíso) e na unidade em que funcionam a Unidade Ambulatorial do HCTCO e o Núcleo de Prática Jurídica.

Projetos
Serão apresentados os projetos apoiados pelos Programas de Incentivo do UNIFESO: PICPq (Plano de Incentivo a Iniciação Científica e à Pesquisa), PIIT (Plano de Incentivo a Inovação e Tecnologia), PIEx (Plano de Incentivo à Extensão) e PICEL (Plano de Incentivo à Cultura, Esporte e Lazer). Além destes, também serão expostos os projetos apoiados por agências de fomento externo: CNPq/MCTIC (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) a partir dos Programas PIBIC (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica e PIBITI (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação); CAPES/MEC (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) a partir do PIBID (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência); FAPERJ (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro) a partir do Programa Jovens Talentos.

Tema
O tema do I CONFESO tem inspiração na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que será “Ciência Alimentando o Brasil”, já que os eventos ocorrem em datas concomitantes

Inscrições e envio dos trabalhos
Como o congresso foi incluído no Calendário Acadêmico 2016, todos os professores, funcionários técnicos-administrativos e estudantes do UNIFESO estão previamente inscritos, enquanto os participantes externos deverão realizar gratuitamente uma inscrição antes do envio dos trabalhos.

Serão admitidos trabalhos na forma de Apresentação Oral ou Pôster. As inscrições foram abertas no dia 22 de agosto e serão aceitas até o dia 5 de outubro, porém o prazo para envio dos trabalhos termina no dia 22 de setembro. Os trabalhos apresentados e avaliados favoravelmente serão publicados nos Anais do evento. Esta publicação estará disponibilizada no Portal UNIFESO de Publicações Eletrônicas.

As comunidades interna e externa deverão submeter seus trabalhos seguindo as orientações que constam na página do I CONFESO: www.unifeso.edu.br/pesquisa/confeso, e o contato para mais informações pode ser feito pelo e-mail: coordextensaodppe@unifeso.edu.br ou pelos telefones (21) 2641-7071 e (21) 2641-7141.

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário

Ação de saúde realiza cerca de 500 atendimentos em São Pedro

Vacinação, orientação sobre prevenção contra diversas doenças, saúde bucal e imunização de cães e gatos estiveram entre as atividades

Diversos serviços são oferecidos pela Prefeitura e Unifeso na Praça do Tiro de Guerra, em São Pedro

Diversos serviços são oferecidos pela Prefeitura e Unifeso na Praça do Tiro de Guerra, em São Pedro

Cerca de 500 atendimentos foram realizados durante a ação de saúde promovida na sexta-feira, dia 26, na Praça dos Expedicionários – a do Tiro de Guerra, no bairro de São Pedro. Atualização do esquema vacinal; orientações sobre como se prevenir contra diversas doenças, como tabagismo e DST; saúde bucal; verificação de pressão arterial e de glicemia; avaliação da capacidade pulmonar; confecção do cartão SUS; imunização de cães e gatos; e cadastro para cadastro de castração animal estiveram entre os serviços oferecidos.

Coordenada pelas equipes dos PSFs do Rosário e do Perpétuo, em parceria com o Unifeso – Centro Universitário Serra dos Órgãos, a atividade marcou as comemorações pelo Dia Nacional da Saúde, celebrado em 5 de agosto, e pelo Dia Nacional de Combate ao Fumo, lembrado em 29 de agosto.

“Essa é a primeira ação conjunta através do convênio firmado entre a Prefeitura e o Unifeso, o Coapes (Contrato Organizativo de Ação Pública Ensino-Saúde) e é bastante relevante tanto para a questão acadêmica quanto para a saúde da população”, ressaltou o secretário de Saúde, Julio Cesar Ambrosio.

A professora do Unifeso, Renata Mendes, destacou a satisfação de promover a ação. “Essa parceria da academia com o serviço público faz parte das diretrizes educacionais preconizadas pelo Ministério da Saúde. É importante proporcionar esse acesso aos moradores, com a participação dos sete cursos de Saúde do Unifeso”.

Aos 74 anos, Alaíde Correia demonstrou disposição ao participar da ação. “Tomei as vacinas que precisava, verifiquei a pressão e está tudo ótimo comigo. Sempre que tiver esses serviços aqui, eu vou participar. A gente tem que cuidar da nossa saúde”, comentou a aposentada.

FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis
http://www.teresopolis.rj.gov.br

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

Vigilância Sanitária abre novas vagas em curso para ambulantes

Encontro é amanhã e as inscrições são gratuitas

Estão abertas as inscrições para o curso da Vigilância Sanitária sobre “Noções básicas de higiene para manipuladores de alimentos”, voltado para ambulantes. O encontro será nesta terça, dia 30, mas os interessados já podem se inscrever. Serão disponibilizadas 50 vagas e os alunos vão aprender a manipular e acomodar corretamente os alimentos que comercializam nas ruas. O objetivo é orientá-los sobre os cuidados higiênico-sanitários que devem ser tomados, com a finalidade de diminuir a ocorrência das doenças transmitidas pela comida.

O curso será somente de uma aula de três horas, que será ministrada por técnicos da Vigilância Sanitária especialistas na prevenção de riscos sanitários e de doenças transmitidas por alimentos. Ao final, haverá a distribuição de um certificado de participação individual. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (21) 2224-4606 ou pelo e-mail geducavisa@gmail.com, com o preenchimento da ficha de inscrição disponibilizada no site www.rio.rj.gov.br/vigilanciasanitaria.

Durante o encontro, serão apresentadas as normas para a higiene e controle de alimentos e como ocorrem as contaminações microbianas, além de outras consequências da manipulação incorreta. Haverá também dicas de cuidados com os alimentos, de acordo com sua origem (carnes, frios e embutidos, pescados, aves e ovos, produtos lácteos, etc), e de conservação e armazenamento.

O ambiente de trabalho também é alvo do curso, que ensina regras de asseio, higiene pessoal, lavagem, desinfecção e de controle de insetos e roedores. A legislação com normas higiênico–sanitárias também será apresentada e discutida com os participantes.

O encontro começa às 14h e vai até 17h, no auditório da Vigilância Sanitária, que fica na Rua do Lavradio, 180, na Lapa. Para aqueles que não puderem participar nesta terça, haverá outros cursos com o mesmo tema nos dias 27 de setembro, 25 de outubro, 29 de novembro e 06 de dezembro.

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

Workshop sobre Radioterapia

14137705_1123467307746234_356029094_n

Publicado em Blog | Com a tag , , , , | Deixar um comentário