Agenda do Fórum de Saúde do Rio de Janeiro – 2017

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

3er Curso – Taller Internacional de Tomografía y Resonancia Magnética Pediátrica

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , | Deixar um comentário

I Encontro Latino-Americano de Políticas de Promoção de Equidade em Saúde – Populações Vulneráveis e Gestão Participativa

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

LIRAa aponta redução do índice de infestação pelo Aedes Aegypti

Levantamento feito este mês mostra o menor resultado da série histórica para março: 0,8% 

Realizado de 5 a 11 deste mês, o Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) registrou, pelo quarto período consecutivo, taxa de infestação predial inferior à linha de baixo risco. E o resultado, de 0,8%, é o mais baixo historicamente apurado para o mês de março, quando, pelas condições climáticas ideais à reprodução do Aedes aegypti (dias de calor e chuvas no final da tarde), é grande a circulação do mosquito e a incidência das doenças transmitidas por ele. Apesar do bom resultado, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) alerta que não se pode relaxar e que é importante dar continuidade à mobilização dos órgãos públicos e da população no combate aos focos do vetor.

A colaboração da população é justamente apontada como uma das responsáveis pela baixa infestação. No LIRAa de janeiro, 0,97% dos imóveis visitados pelos agentes de vigilância em saúde da SMS para o levantamento haviam apresentado focos. Se, naquela ocasião, algumas localidades da região de Madureira ainda eram consideradas de alto risco para as arboviroses, com mais de 4% de infestação, desta vez, nenhum dos estratos apresentou índice acima desta marca. Mas a preocupação continua voltada para os ralos, piscinas, pratinhos de plantas, bebedouros de animais e lixo, que predominam como os principais depósitos com criadouros do mosquito.

Das dez grandes regiões da cidade, as chamadas Áreas de Planejamento (AP), o LIRAa apontou que seis estão na área de baixo risco, com índice de infestação inferior a 1%: Centro (AP 1.0), com 0,7%; Zona Sul (2.1), com 0,2%; Grande Tijuca (2.2), com 0,4%; Barra e Jacarepaguá (4.0), com 0,5%; Bangu e Realengo (5.1), com 0,3%; e Santa Cruz e Paciência (5.3), com 0,7%. A AP 2.2, correspondente à Grande Tijuca, foi a região que apresentou a maior redução do índice de infestação entre o LIRAa anterior e o atual. Em janeiro, os agentes haviam constatado que em 1,24% dos imóveis havia focos do Aedes aegypti, ou seja, quase um ponto percentual a mais do que o apurado agora em março.

Já as quatro outras Áreas de Planejamento ficaram na faixa de médio risco: Zona da Leopoldina (3.1), com 1,2%; Grande Méier (3.2), com 1,1%; Madureira e adjacências (3.3), com 1,1%; e Campo Grande (5.2), com 1,2%. Embora tenha permanecido no geral como médio risco, a região de Madureira também baixou o índice de infestação, que em janeiro foi de 1,77%. Nenhuma das APs nem nenhum dos estratos em que a cidade é dividida para a realização do LIRAa apresentou alto índice de infestação predial pelo Aedes aegypti.

A metodologia do LIRAa divide o município em estratos que variam de 8.100 a 12  mil imóveis com características semelhantes. A pesquisa identifica os bairros onde estão concentrados os focos de reprodução do Aedes aegypti. A metodologia permite saber, em curto espaço de tempo, quais áreas têm alta infestação, além de ser possível identificar quais os tipos de criadouros preferenciais em cada estrato, visando realizar atividades específicas e alertar a população por meio de mobilizações sociais. O LIRAa atual foi realizado em 100% dos estratos, o equivalente a 251. Desses, 62,2%% estão na faixa verde (baixo risco) e 37,8% na amarela (médio risco).

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

No primeiro dia de vacinação contra a febre amarela, Hemorio recebe mais de 500 candidatos à doação de sangue

Foram aplicadas 370 doses da vacina e coletadas 348 bolsas de sangue.
Imunização segue no hemocentro até sábado, 25/3

A diarista Cristiane Maria do Espírito Santo chegou cedo ao Hemorio, no Centro da cidade, com dois objetivos: doar sangue e tomar a vacina contra a febre amarela. Em pouco mais de uma hora, conseguiu os dois. Primeira da fila no início da campanha de vacinação no hemocentro, Cristiane mora em Nova Campina, em Duque de Caxias, e trabalha na Zona Sul do Rio de Janeiro.

– Faço parte de um grupo de corrida e vamos participar de uma corrida de montanha na Zona da Mata de Minas, daqui a um mês. No sábado, fiquei sabendo que aqui teria a vacinação e resolvi vir, já que onde eu moro a vacinação ainda não começou – explicou ela.

Ao longo do dia, o Hemorio recebeu mais de 500 candidatos à doação de sangue e foram coletadas 348 bolsas de sangue no hemocentro. A campanha segue até sábado, dia 25, e pode ser estendida.

– Quem toma vacina da febre amarela fica inapto para doar sangue por quatro semanas e estávamos temendo que houvesse esvaziamento no nosso banco de sangue por causa da grande procura pela imunização. Então pensamos nessa ação para aproveitar as pessoas que estão vindo se vacinar — explica o diretor geral do Hemorio, Luiz Amorim.

Morador de Jacarepaguá, Marcelo Monte, de 41 anos, adiou um dia a ida ao Hemorio só por causa da campanha.

– Eu já tinha me programado para vir doar sangue na segunda-feira, aqui mesmo no Hemorio. Fiquei sabendo que ia começar a campanha de vacinação na terça-feira e adiei a doação para o dia seguinte para poder, também, me vacinar – contou ele.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixar um comentário

Grupo de Apoio Amigas da Mama

Publicado em Blog | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário

Aula de Dança de Salão na Associação Amigas da Mama de Teresópolis – AAMT

Publicado em Bloco Te Vejo Por Dentro... | Com a tag , , , , , , , | Deixar um comentário