Fórum Perinatal é lançado no Rio e discute melhores condutas para redução de mortalidade materno-infantil

Idealizado pelo Ministério da Saúde, evento  busca troca de experiências pela qualidade de vida da mulher e da criança

b_800_600_0_00_images_stories_ASCOM_FórumPerinatal-Metro1_forum_perintal_-_metropolitana_1_465Com o objetivo de melhorar o cuidado materno-infantil e reduzir os riscos na hora do parto, foi lançado na manhã desta terça-feira (12/05), na sede do Ministério Público Estadual, o primeiro Fórum Perinatal da Região Metropolitana I. O evento, teve como objetivo também compartilhar conhecimentos e experiências, a fim de contribuir na assistência do período perinatal, que compreende desde o início da gravidez até o desenvolvimento da criança em seus dois anos de vida.

O evento foi idealizado pelo Ministério da Saúde e tem como estratégia o projeto Rede Cegonha e conta com a participação da Secretaria de Estado de Saúde, do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, do Ministério Público Federal e das secretarias municipais de saúde da Região Metropolitana I, que compreende os municípios de Itaguaí, Seropédica, Japeri, Queimados, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis, Belford Roxo, São João do Meriti, Duque de Caxias, Magé e Rio de Janeiro.

– A Secretaria de Estado de Saúde apoia iniciativas como este fórum, pois acredita que ambientes de participação e colaboração permitem o avanço das ações. De forma específica, com o Fórum Perinatal há o fortalecimento das linhas de cuidado materno-infantil, objetivando a redução dos casos de óbitos evitáveis – declarou o secretário de Estado de Saúde, Felipe Peixoto, que ainda afirmou que o governo do estado realiza investimentos nas maternidades estaduais, como a implementação de práticas de assistência humanizada.

A partir do Fórum, serão instituídas condutas de avaliação da assistência dada à mulher no pré-natal, parto, aborto espontâneo, puerpério e ao recém-nascido e à criança menor de dois anos, nos municípios da região, relacionadas com as causas de mortalidade materna, perinatal e infantil.

b_800_600_0_00_images_stories_ASCOM_FórumPerinatal-Metro1_forum_perintal_-_metropolitana_1_83– A oportunidade de dialogar, integrando as esferas governamentais possibilita o entendimento das necessidades e dificuldades das gestantes, mães, bebês e familiares. Esta mobilização leva a construção de um estado mais seguro para gestar, nascer e viver – afirmou a subsecretária de Atenção à Saúde da Secretaria de Estado de Saúde, Mônica Almeida.

Após o lançamento do Fórum, acontecerão reuniões bimestrais para o monitoramento das políticas de assistência à gestante e de combate à mortalidade infantil e materna na capital e na Baixada Fluminense. O colegiado terá a sua criação formalizada por um ato normativo a ser publicado pela Secretaria de Estado de Saúde, que atuará como coordenadora do fórum.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *