NOTA À IMPRENSA: Reestruturação dos Hospitais Federais do Rio visa ampliar atendimento à população

O Ministério da Saúde esclarece que o serviço de cirurgia vascular do Hospital Federal de Ipanema está aberto, funcionando normalmente. A unidade, no entanto, está dentro do processo de reestruturação das seis unidades federais do Rio de Janeiro para ampliar o atendimento à população.

O Ministério da Saúde considera inadmissível, por exemplo, que o serviço de cirurgia vascular do hospital de Ipanema possua seis médicos e cada um realize, em média, 1 cirurgia por semana e 25 consultas por mês.

Devido a essa avaliação dos serviços, a proposta prevê a especialização de cada um dos seis hospitais federais em determinadas áreas. Isso vai otimizar e qualificar os serviços prestados a população, com a definição de metas.

Nesta proposta, a cirurgia vascular será concentrada no Hospital da Lagoa, o que permitirá ganho de escala e especialização, qualificando e concentrando recursos humanos e equipamentos – sem nenhum prejuízo aos pacientes que hoje aguardam cirurgias na unidade. Já no Hospital de Ipanema, será criado um centro de cirurgia de joelho e quadril, diante da maior demanda nesta área.

Essas e outras mudanças previstas no projeto, ainda em andamento, não alteram o atendimento já agendado dos pacientes nem prevê qualquer suspensão de cirurgias.

Não haverá qualquer diminuição da assistência à população do Rio de Janeiro. Pelo contrário, a expectativa é aumentar a oferta.

FONTE: Ministério da Saúde
http://www.saude.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *