Secretaria de Saúde prepara mutirão de cirurgias

Desde o início da gestão, fila de 5 dos serviços com maior espera teve redução de 5,8%

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) prepara um mutirão de cirurgias para reduzir a fila do Sistema de Regulação do município, o SISREG. Atualmente, mais de 7,5 mil pacientes aguardam para serem operados nas filas internas de nove hospitais públicos. No total, 140.387 pessoas que estão no SISREG esperando a oportunidade de realizar algum procedimento na rede pública, seja cirúrgico, consultas ou exames. Com os esforços concentrados desde o início do ano, a nova gestão da SMS já conseguiu abrir vagas e acelerar a realização de procedimentos, com um impacto de 5,8% de redução na fila de cinco dos serviços com maior demanda.

As cinco especialidades cirúrgicas com maiores filas são plástica, 4.213; geral, 983; oftalmológica, 503; infantil, 362; ortopédica, 362. Os últimos detalhes estão sendo finalizados para a programação do mutirão, que deverá iniciar até o início de fevereiro e envolverá cinco hospitais municipais: Souza Aguiar, Miguel Couto, Salgado Filho, Lourenço Jorge e Jesus, este último especializado em pediatria. A proposta é que as cirurgias aconteçam nos fins de semana e no terceiro turno, quando normalmente não são realizados procedimentos eletivos.

Já nas 12 maiores filas por consultas de diversas especialidades, há 56.615 pacientes. Outras 25.327 pessoas aguardam nas dez maiores filas por exames. Com ajustes e negociações desde o início da atual gestão, a Secretaria Municipal de Saúde vem trabalhando no ordenamento das filas e agendas de hospitais da rede própria e em novas parcerias com hospitais universitários e federais. Com isso, foi possível o aumento da oferta de serviços em unidades como o Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, e os hospitais universitários Gaffrée e Guinle, da Unirio, e São Francisco de Assis, da UFRJ.

Como resultado desses esforços, entre os dias 2 e 18 de janeiro, 303 pacientes puderam realizar consulta em odontologia, com indicação para cirurgia, o que significa uma queda de 0,5% em relação ao total de espera das 12 filas; e 133 pacientes foram atendidos em consultas dermatológicas, uma redução de 2% desse total. Sobre a fila de exames, no mesmo período houve redução em três dos dez procedimentos listados: endoscopia digestiva alta, colonoscopia e ultrassonografia de mamas bilaterais, totalizando 1.264 pessoas atendidas, uma redução de 5% sobre o total de 25.327.

CONSULTAS

2/1/2017

18/1/2017

Pessoas

% Impacto

CONSULTA EM ODONTOLOGIA – CIRURGIA ORAL MENOR

3.795

3.492

303

0,5%

CONSULTA EM DERMATOLOGIA – PEQUENOS PROCEDIMENTOS

1.949

1.816

133

2,0%

ENDOSCOPIA DIGESTIVA ALTA

4.279

3.592

687

2,7%

COLONOSCOPIA

1.607

1.115

492

1,9%

ULTRA-SONOGRAFIA DE MAMAS BILATERAL

572

487

85

0,3%

TOTAL

12.202

10.502

1.700

5,8% *

* Impacto da redução sobre as 10 maiores filas de consultas e exames, que hoje representam 81.932 pessoas

FONTE: Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro
http://www.rio.rj.gov.br/web/smsdc

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *