Secretário acompanha vacinação contra febre amarela em Tinguá

SES disponibilizou 30 mil repelentes para serem distribuídos na região e recomendou também a vacinação de reforço em Queimados, Japeri e Xerém

Na manhã deste sábado (06/01), o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr. esteve no município de Nova Iguaçu para acompanhar a vacinação contra a febre amarela no posto montado pela Secretaria Municipal de Saúde da região, na Praça do Tinguá. Ele anunciou que a SES irá disponibilizar neste fim de semana cerca de 30 mil frascos de repelentes para ajudar na proteção da população. Além de Nova Iguaçu, Miguel Pereira e Tanguá, a vacinação também será reforçada em Queimados, Japeri e Xerém, que são áreas de fronteira com a Reserva do Tinguá.

– Quero deixar uma mensagem para toda a população de Nova Iguaçu e tranquilizar esses moradores. Quero dizer que nós já estamos fazendo a vacinação em todo o estado desde o início do ano passado e temos doses de vacina para vacinar toda a população e especialmente Nova Iguaçu. A SES está presente apoiando a SMS de Nova Iguaçu e vamos distribuir esses repelentes para ajudar nessa ação. Não tivemos nenhum caso de febre amarela urbana no RJ, mas nós precisamos que a população saia de casa para se vacinar. Os postos de saúde estão abertos e se for necessário a SES vai montar aqui um hospital de campanha para garantir esse apoio não só à população daqui mas do entorno. Com a ajuda de todos vamos evitar que essa doença chegue aqui na Baixada Fluminense – disse o secretário Luiz Antonio.

A Prefeitura de Nova Iguaçu será responsável por distribuir os repelentes para as pessoas que estão se vacinando no posto montado na Praça de Tinguá. Ainda neste sábado, o secretário Luiz Antonio e o superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da SES, Mario Sergio Ribeiro, se reuniram com o secretário municipal de Saúde de Nova Iguaçu, Hildoberto Carneiro e com o presidente da Associação de Moradores de Tinguá.

Nesta quinta-feira (04/01), a SES se reuniu com a Prefeitura de Nova Iguaçu para oferecer apoio e intensificar a vacinação na região da Reserva Biológica do Tinguá. O encontro foi realizado após a confirmação da morte de um macaco pela doença na região. O diagnóstico foi confirmado no final do mês de dezembro após exames laboratoriais realizados pela Fiocruz.

Além de Nova Iguaçu, os municípios de Tanguá e Miguel Pereira também registraram casos de macacos com resultado positivo para a febre amarela, por isso a SES também recomendou a ampliação da vigilância nessas regiões e o estímulo à vacinação da população que ainda não procurou os postos para se vacinar. A secretaria disponibilizou doses suficientes para imunizar todo o público-alvo nas regiões de Miguel Pereira e Tanguá. Como Nova Iguaçu informou que a taxa de vacinação está em 24,1%, a SES disponibilizou um reforço de 100 mil doses da vacina.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *