Visita do COI à cidade termina com workshop sobre saúde nos Jogos Olímpicos de 2016

Plano de atendimento é apresentado por representantes das Secretarias Municipal e Estadual de Saúde e Corpo de Bombeiros

A preparação da estrutura de saúde que o Rio vai oferecer aos atletas e ao público durante os Jogos Olímpicos de 2016 foi o tema do workshop que aconteceu nesta terça-feira, dia 29, na sede do Comitê Rio 2016, no Centro do Rio. O evento, que contou com a participação de representantes das Secretarias Municipal e Estadual de Saúde, do Corpo de Bombeiros, do Comitê Olímpico Rio 2016, dos Jogos Olímpicos de Londres e do Comitê Olímpico Internacional, faz parte de uma agenda criada para receber a comitiva estrangeira e que incluiu visitas a unidades de saúde do Rio de Janeiro que farão parte da rede de atendimento aos participantes dos Jogos na cidade. Durante o workshop, os integrantes do COI e dos Jogos Olímpicos de Londres tiveram a oportunidade de apresentar o plano de atendimento à saúde usado nas últimas Olimpíadas.

– Temos orgulho de receber os representantes dos Jogos Olímpicos de Londres. Também quero agradecer e parabenizar o Comitê Olímpico Internacional pela visão integrada nas diversas áreas funcionais que envolvem a realização desse grande evento. A experiência e a sabedoria que estão sendo passadas com antecedência estão nos ajudando muito na preparação para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016 – comentou Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Olímpico Rio 2016.

Três anos antes da realização dos Jogos, as Secretarias Municipal e Estadual de Saúde e o Corpo de Bombeiros já se planejaram para atender o público que vem ao evento, sem prejudicar o atendimento à população.

– A troca de experiências é extramente importante para termos bom desempenho durante os jogos de 2016. Estamos aprendendo com quem já realizou uma olimpíada bem sucedida, como a de Londres. Agora, vamos adaptar todo esse conhecimento para a nossa realidade, dentro das nossas unidades de saúde. A gente percebe que a antecedência do planejamento é fundamental para obter o resultado esperado – explicou Ana Lúcia Neves, subsecretaria de Unidades Próprias da Secretaria de Estado de Saúde.

De acordo com o chefe médico da Rio 2016, João Alves Grangeiro, a apresentação da área de saúde pública foi bastante satisfatória durante as visitas.

– O grupo pôde perceber que a área publica de saúde da cidade está completamente integrada, ou seja, toda a hierarquização do atendimento está coordenada e entrosada. Vendo toda a estrutura já montada, nos deu uma sensação tranquilizadora. O próximo passo será integrar as demandas dos jogos com os serviços já oferecidos na cidade – avaliou Grangeiro.

Desde 2012, a Secretaria de Estado de Saúde vem realizando um intercâmbio com referências internacionais para se preparar para os grandes eventos. Em encontros que reuniram participantes de unidades municipais e estaduais já foram discutidos temas como doação de sangue, organização das emergências dos hospitais públicos, implantação de protocolos, ações de vigilância em saúde, entre outros.

FONTE: Governo do Estado do Rio de Janeiro
http://www.saude.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *