Estudo conclui que radiação eletromagnética produzida pelo celular pode causar gliomas

De acordo com publicação feita essa semana na revista especializada Occupational & Environmental Medicine, pesquisadores da Universidade de Bordeaux chegaram à conclusão que existe relação entre o uso excessivo de celular e o desenvolvimento de gliomas, um tipo de tumor maligno que aparece nas células gliais, aquelas que protegem, nutrem e dão suporte aos neurônios.

Os pesquisadores analisaram o perfil de 450 pessoas portadoras da câncer e 900 pessoas saudáveis, todas usuários de telefone celular. Aquelas que utilizam aparelho por mais de trinta minutos por dia apresentaram maior incidência e predisposição ao desenvolvimento da doença.

Os dados do estudo reforçam as conclusões do Centro Internacional de Pesquisas sobre o Câncer (CIIC) que, em 2013, alertou para a possível conexão entre a radiação eletromagnética e o desenvolvimento de doenças na cabeça.

Os gliomas respondem por, aproximadamente, 30% de todos os tumores que se desenvolvem no sistema nervoso central e por 80% dos tumores malignos iniciados no cérebro.

Para diminuir os riscos, o Conselho Nacional de Técnicos em Radiologia (CONTER) recomenda atender ao telefone com a máxima distância possível da cabeça, evitar ligações demasiadamente demoradas e usar dispositivos que permitam fazer uso da tecnologia com a menor exposição possível. “Os estudos ainda são muito primários, mas já nos permitem concluir que o excesso leva a riscos desnecessários. Enquanto as pesquisas ainda não são conclusivas, o melhor é fazer o uso racional da tecnologia e não subestimar as possibilidades”, finaliza a presidenta Valdelice Teodoro.

+ NOTÍCIAS RELACIONADAS

CAMPOS ELETROMAGNÉTICOS
Em audiência pública no STF, presidenta do CONTER defende contratação de SPRs para monitorar linhas de transmissão de energia

FONTE: CONTER
http://www.conter.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *