Plano Operativo Anual é aprovado e Prefeitura renova convênio com hospitais

Secretário de Saúde, Diego Souza: aumento do número de leitos, de exames e de consultas

Secretário de Saúde, Diego Souza: aumento do número de leitos, de exames e de consultas

O POA – Plano Operativo Anual 2017 foi aprovado por unanimidade em reunião extraordinária do Conselho Municipal de Saúde nesta quarta-feira, dia 22. O documento define metas de qualidade e de atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) pelas instituições que prestam serviços hospitalares. Com isso, a Secretaria Municipal de Saúde renovou os convênios com o Hospital das Clínicas Costantino Ottaviano (HCTCO), o Hospital São José (HSJ) e com a Beneficência Portuguesa, garantindo o pleno atendimento à população.

“Foi um avanço muito grande. Ter os três POA assinados é importantíssimo, é a garantia de que em 2017 tudo vai correr bem. Nós conseguimos aumentar o quantitativo de leitos, de exames e de consultas e a população terá uma oferta ainda melhor, com a UPA mais vazia e atendimento de mais qualidade. A ideia é melhorar cada vez mais”, comemorou o secretário municipal de Saúde, Diego Ferreira de Souza.

A reunião do Conselho de Saúde foi acompanhada pelos secretários municipais Raphael Teixeira, de Agricultura e de Segurança Pública, e Marcus Vinícius Ramos (Marcão), de Trabalho, Emprego e Economia Solidária.

A rapidez da negociação e aprovação do POA 2017 foi destacada pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde. “O novo secretário de Saúde assumiu em fevereiro e em poucas reuniões foi concluída a negociação. Foi feito um POA que é bom pro município, para os hospitais e para a população, com o aumento da oferta de serviços. Com o interesse do secretário e do prefeito de Teresópolis conseguimos negociar com os três hospitais com facilidade. Só tenho que parabenizar a nova gestão”, pontuou Valdir Paulino.

Os representantes dos três hospitais comemoraram a conclusão das negociações. “A ideia da pactuação é cumprir o que está sendo planejado e dar uma boa assistência, com a melhora na qualidade da prestação dos serviços”, destacou Gustavo Aragão, gerente administrativo da Beneficência Portuguesa.

“Agora a população tem certeza de como e onde será atendida. É o compromisso assinado entre o gestor municipal e as três instituições de saúde na cidade. Nosso hospital dobrou o número de internações e de consultas e quase dobramos também o número de exames, em relação ao POA anterior”, destacou o diretor do Hospital São José, Diógenes Couto.

Segundo a diretora do HCTCO, Rosane Rodrigues Costa, com a oferta de 5.500 consultas médicas mensais, 19 mil exames, 480 internações de média complexidade e mais 42 de alta complexidade, o Hospital das Clínicas é responsável praticamente por 75% dos atendimentos pelo SUS no município. “O POA 2017 é a garantia da continuidade dos serviços que prestamos há 45 anos na cidade. Nós não tivemos esse contrato em 2016 assinado, só o de 2015, que estava sendo prorrogado. E agora vamos trabalhar o ano tranqüilos, podendo fazer uma gestão mais estratégica do hospital e garantindo os serviços para a população”, concluiu.

FONTE: Prefeitura Municipal de Teresópolis
http://www.teresopolis.rj.gov.br

Esta entrada foi publicada em Blog e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *